Novela exibida pelo Viva na faixa das 22h50, América (2005) está com os dias contados. O canal pago da Globo definiu quando a trama chegará ao fim e também sua substituta: Viver a Vida (2009).

Gabriela Duarte em América, novela de Gloria Perez
Gabriela Duarte em América (Reprodução / Globo)

Escrito por Gloria Perez, o folhetim protagonizado por Deborah Secco (Sol) e Murilo Benício (Tião) acompanha a trajetória da mocinha, que abandona para trás toda a sua vida no Brasil, incluindo a paixão pelo peão, para conquistar seu sonho americano.

Na busca por uma vida melhor e poder dar melhores condições para a família, Sol entra nos Estados Unidos determinada a vencer, mas enfrenta muitos problemas.

Quando termina América no Viva?

Em exibição no Viva desde 27 de novembro do ano passado, quando entrou no lugar de Senhora do Destino (2004), América já tem data para chegar ao fim.

A reprise da novela de Gloria Perez no canal pago da Globo, que terá todos os seus 203 capítulos exibidos, terminará no dia 19 de julho, quando será levado ao ar o último capítulo.

Qual será a substituta de América no Viva?

Taís Araujo (Helena) e Alinne Moraes (Luciana) em Viver a Vida
Taís Araujo (Helena) e Alinne Moraes (Luciana) em Viver a Vida

América terá como substituta Viver a Vida, de Manoel Carlos. A trama, que nunca foi reprisada, chegará ao canal pago no segundo semestre, voltando ao ar 14 anos após o seu fim na Globo.

Quando estreia Viver a Vida no Viva?

O folhetim protagonizado por Taís Araújo (Helena) estreia no Viva no dia 22 de julho. A novela será exibida de segunda a sábado, a partir das 22h50, com horário alternativo às 13h45. Além disso, em maratona aos domingos, a partir das 19h.

Pior Helena de Manoel Carlos

Penúltima novela de Manoel Carlos, Viver a Vida traz a história de Helena (Taís Araújo), uma top model de sucesso internacional que decide abandonar a carreira no auge para se casar com o sedutor Marcos (José Mayer), por quem se apaixonou.

Empresário do ramo hoteleiro, Marcos é 20 anos mais velho que Helena e se separou recentemente da ex-modelo Tereza (Lilia Cabral). Do casamento com a ex-mulher, ele teve Luciana (Alinne Moraes), Isabel (Adriana Birolli), além de Mia (Paloma Bernardi), filha adotiva.

Com Taís Araújo interpretando a mocinha, Viver a Vida teve a primeira protagonista negra de uma novela das oito da Globo. Além disso, foi a primeira e única Helena negra escrita por Manoel Carlos.

A novela, no entanto, ficou marcada por uma polêmica. Isso porque, a protagonista não caiu nas graças do público e acabou perdendo espaço para o drama de Luciana (Alinne Moraes), filha de Marcos que fica tetraplégica após sofrer um acidente.

A falta de espaço para a sua Helena na trama deixou Taís Araújo traumatizada.

“Eu lia as páginas do roteiro sem enxergar nada. Eu não conseguia encontrar a personagem, entrei em desespero”, relatou a atriz em entrevista à revista Piauí no ano passado.

Marcada pela polêmica com a protagonista e sem ter sido um sucesso de audiência, Viver a Vida nunca foi reprisada pela Globo e terá uma chance somente agora, no Viva.

Compartilhar.

Publicitário e roteirista, escreve sobre televisão desde 2013. Com passagem por diversos sites, atuou como redator, editor e repórter, função que proporcionou entrevistar grandes nomes. Um apaixonado por televisão, que ama novelas desde que se entende por gente.