Os fãs de Terra Nostra (1999) ficaram decepcionados quando o Globoplay disponibilizou a versão internacional da obra, em novembro de 2020. Afinal, o público ansiava pela versão original, exibida pela Globo entre 1999 e 2000 e que somou 221 episódios, e não a versão editada para exportação, que conta com 150 capítulos.

Lu Grimaldi em Terra Nostra
Lu Grimaldi em Terra Nostra

Isso aconteceu por conta de um imbróglio referente aos direitos autorais da trilha sonora da obra, que impediu tanto a reprise da versão original no canal Viva quanto o resgate no Globoplay.

Porém, a direção da Globo anunciou que a questão foi resolvida e que, em breve, a versão original de Terra Nostra será resgatada.

Direitos autorais

Thiago Lacerda e Ana Paula Arósio em Terra Nostra
Thiago Lacerda e Ana Paula Arósio em Terra Nostra (Divulgação / Globo)

A dificuldade da Globo de disponibilizar a versão original de Terra Nostra se tornou pública em 2019, quando a trama escrita por Benedito Ruy Barbosa foi lançada no Viva. O canal pago da Globo promoveu o repeteco exibindo a versão internacional da novela, que conta com 150 capítulos.

Na época, a direção do Viva justificou a opção pela exibição da versão editada da obra – algo não muito comum na emissora, que normalmente preza pelo conteúdo original na íntegra.

“No caso de Terra Nostra, após o título ser selecionado e a checagem de direitos autorais realizada, o Viva se deparou com impedimentos relacionados aos direitos autorais. A versão que está no ar, com 150 capítulos, é a exibida internacionalmente pela Globo e a única disponível – sem prejuízos à trama”, informava o Viva por meio de um comunicado enviado ao site NaTelinha.

Versão internacional

 

Após a exibição no Viva, Terra Nostra foi lançada no Globoplay por meio do Projeto Resgate. O folhetim estrelado por Ana Paula Arósio e Thiago Lacerda chegou à plataforma em novembro de 2020. Mas, para o desgosto do público, a versão disponibilizada foi a editada para o mercado internacional.

Muita gente aponta que a versão internacional de Terra Nostra não é ruim, já que dá mais agilidade à trama, que é dona de uma protuberante barriga em meio aos seus longos 221 capítulos originais. No entanto, os fãs prezam pela obra original, daí a chiadeira.

Mas os espectadores que sonham em rever Terra Nostra na íntegra podem ficar tranquilos. Em participação na CCXP, evento de cultura pop e geek realizado o final do ano passado em São Paulo (SP), Erick Brêtas, ex-diretor de Projetos Digitais e Canais Pagos da Globo, afirmou que o problema com os direitos autorais da novela foram resolvidos.

Com isso, a versão original de Terra Nostra deve ser lançada no Globoplay em 2024.

Grande sucesso

Maria Fernanda Cândido e Raul Cortez em Terra Nostra
Maria Fernanda Cândido e Raul Cortez em Terra Nostra (Divulgação / Globo)

Terra Nostra foi uma novela das oito da Globo de enorme sucesso. A trama contava a saga de imigrantes italianos que chegam ao Brasil no final do século 19 e início do século 20 em busca de trabalho e melhores condições de vida.

No navio que sai da Itália rumo ao Brasil, Giuliana (Ana Paula Arósio) conhece Matteo (Thiago Lacerda) e eles se apaixonam à primeira vista. Mas os pais da jovem morrem ainda durante a viagem, acometidos pela peste negra, e ela se vê desamparada. Matteo, então, promete que eles viverão juntos uma nova vida no Brasil.

Porém, eles se desencontram no desembarque. Giuliana acaba indo morar com Francesco (Raul Cortez), um amigo de seu pai que a acolhe em São Paulo. Na nova casa, ela desperta a paixão de Marco Antônio (Marcello Antony), filho de Francesco. Mas Janete (Angela Vieira), a mãe dele, não gosta nada da nova hóspede.

Já Matteo vai parar na fazenda do poderoso Gumercindo (Antonio Fagundes). Lá, ele desperta o interesse de Rosana (Carolina Kasting) e Angélica (Palomma Duarte), as filhas do fazendeiro.

Compartilhar.
Avatar photo

André Santana é jornalista, escritor e produtor cultural. Cresceu acompanhado da “babá eletrônica” e transformou a paixão pela TV em profissão a partir de 2005, quando criou o blog Tele-Visão. Desde então, vem escrevendo sobre televisão em diversas publicações especializadas. É autor do livro “Tele-Visão: A Televisão Brasileira em 10 Anos”, publicado pela E. B. Ações Culturais e Clube de Autores. Leia todos os textos do autor