Xuxa e Angélica brigaram publicamente: “Ela me imita, mas não assume”

Whatsapp

Duas importantes apresentadoras infantis da televisão brasileira se estranharam no início de 1993. Sem meias palavras, Xuxa e Angélica trocaram farpas através da imprensa.

Xuxa e Angélica

Após a exibição do último Xou da Xuxa, em 31 de dezembro de 1992, foi ventilado na mídia que sua substituta na emissora poderia ser Angélica, então uma das estrelas da Manchete, onde apresentava os programas Clube da Criança, diariamente, e Milk Shake, nas tardes de sábado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pergunta sobre a possibilidade, Xuxa declarou: “O que é meu, é meu. Ninguém tira”.

Além disso, ela acusou a concorrente de lhe plagiar.

“Angélica me imita, mas não assume, o que é uma bobagem. Ela poderia dizer que pelos menos se inspira”, disparou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A jovem apresentadora deu o troco em entrevista exclusiva para a Folha de S.Paulo, publicada em 16 de janeiro de 1993.

Numa conversa de duas horas, ela afirmou que Xuxa vetou sua ida para a Globo.

“Sempre relutei em acreditar, mas tenho informações de que a Xuxa fez pressões dentro da Globo para me impedir de trabalhar lá. Soube, por exemplo, que no ano retrasado ela vetou a divulgação de meu quinto disco em programas da casa”, enfatizou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Novos fatos

Angélica

Além disso, Angélica disse que, um mês antes, quando recebeu um convite para assinar contrato com a Globo, ficou sabendo de novos fatos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Teve uma certa pressão, a Xuxa andou dizendo que não admitia outra pessoa à frente de um infantil na emissora, mesmo se ela, Xuxa, não estivesse mais comandando o programa”, explicou, informando que acabou renovando contrato com a Manchete.

Pergunta se achava que Xuxa teria medo dela, Angélica desconversou.

“Se tem, não deveria. Ela é a Xuxa, meu Deus! Já deu provas do talento que possui”, completou, dizendo que não estava magoada com a concorrente, mas decepcionada, porque a considerava uma amiga.

Casa da Angélica

Seja com interferência ou não de Xuxa, Angélica acabou não indo para a Globo naquela época. Enquanto o Xou da Xuxa foi substituído pela TV Colosso, ela fechou com o SBT em abril de 1993, estreando, em agosto do mesmo ano, o programa Casa da Angélica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O sonho de trabalhar na emissora líder foi realizado em 1º de maio de 1996, quando ela trocou o SBT pela Globo, apesar dos conselhos de Silvio Santos.

No canal, ela apresentou atrações como Angel Mix, Bambuluá, Video Game, Fama, Estrelas e, mais recentemente, Simples Assim.

Fora da Globo desde o ano passado, a esposa de Luciano Huck estreou o programa Jornada Astral na HBO Max.

Whatsapp


Leia também