Tente não chorar: vídeo mostra a agonia e o desespero dos últimos momentos da Rede Tupi - TV História

Tente não chorar: vídeo mostra a agonia e o desespero dos últimos momentos da Rede Tupi

No dia 18 de junho de 1980, poucos meses antes de completar 40 anos no ar, a Rede Tupi nos deixou. A emissora foi tirada do ar por decisão do governo federal, em virtude da grave crise financeira dos Diários Associados, que controlavam o canal.

Desesperados, os funcionários da emissora fizeram uma grande vigília que durou 18 horas ininterruptas, com direito a apelos ao então presidente João Figueiredo para que não tirasse o canal do ar, mas não adiantou. Agonizando, a Tupi foi extinta às 12h30, quando o engenheiro do Dentel lacrou o transmissor da emissora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Os únicos registros desses momentos, até então, foram feitos pela Band, que exibiu cenas filmadas diretamente na sede da emissora em seu telejornal da época.

No entanto, tudo mudou nesta quarta, quando os apaixonados pela história da televisão brasileira se viram diante de um documento precioso.

Um vídeo, postado pelo canal Video Archives Brasil, que mostra os últimos momentos da Rede Tupi, com o final da vigília, a exibição do tape da missa do papa João Paulo II, o apelo final lido pelo locutor e a saída do sinal do ar.

Confira o vídeo abaixo e tente não chorar:



Leia também