Surpresa: 4 novelas incompletas que serão trazidas de volta pela Globo

Emissora vai resgatar clássicos da teledramaturgia que não estão completas no acervo

Whatsapp

Plataforma de streaming da Globo, o Globoplay agradou em cheio os noveleiros de plantão ao lançar ações como o Projeto Resgate, que disponibiliza novelas clássicas, e o Projeto Originalidade, que atualiza as tramas já disponíveis com melhor qualidade de imagem e inserção de aberturas e vinhetas. Mas vem mais por aí!

Françoise Forton em Estúpido Cupido
Françoise Forton em Estúpido Cupido

A próxima ação da plataforma para fisgar os fãs da teledramaturgia nacional é o Projeto Fragmentos, que vai disponibilizar no streaming “pedaços” de folhetins. A ideia é oferecer ao público as tramas que não estão completas nos arquivos da Globo, mas que têm valor histórico e, por isso, terão alguns de seus capítulos resgatados.

O novo projeto já tem quatro títulos engatilhados. Trata-se de O Rebu (1974), Estúpido Cupido (1976), Coração Alado (1980) e Chega Mais (1980).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Projeto Fragmentos

Erick Bretas
Erick Bretas, diretor de Produtos e Serviços Digitais e dos Canais Pagos da Globo (Divulgação / Globo)

O Projeto Fragmentos foi anunciado por Erick Brêtas, diretor de Produtos Digitais e Canais Pagos da Globo, durante participação em um painel na CCXP, evento de cultura pop e geek que aconteceu em São Paulo (SP). O diretor valorizava a importância do Projeto Resgate quando soltou a informação da novidade.

Leia mais

“É claro que esse projeto [Resgate] bebe de outras coisas que vieram antes. O Vale a Pena Ver de novo, o Canal Viva, que é o de maior audiência da TV paga, e por fim veio o Globoplay. Nosso objetivo é resgatar todas as novelas que estão no acervo, inteiras ou em pedaços”, disparou.

Com isso, o executivo falou sobre o Projeto Fragmentos, que vai disponibilizar partes de novelas mais antigas. Trata-se de produções que, por diversos motivos, não tiveram todos os seus capítulos preservados nos arquivos da Globo. A ideia, portanto, é disponibilizar o material que existe.

“Em alguns casos, temos só um capitulo; em outros, temos sete, ou 20. Não tem o arco completo, mas tem valor. Faz parte da nossa vontade de ver como era uma novela daquela época”, apontou o diretor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Novidades em janeiro

Bete Mendes e Buza Ferraz em O Rebu
Bete Mendes e Buza Ferraz em O Rebu

O Projeto Fragmentos será lançado no Globoplay no dia 24 de janeiro, quando serão lançadas partes de quatro novelas de uma vez. Os títulos serão O Rebu (1974), Estúpido Cupido (1976), Coração Alado (1980) e Chega Mais (1980).

A primeira é um clássico de Braulio Pedroso que ousou ao contar uma história que se passa numa única noite, durante uma festa onde acontece um misterioso assassinato. O público, então, era levado a tentar descobrir quem havia morrido e quem era o assassino. A trama ganhou uma nova versão em 2014, assinada por George Moura e Sergio Goldenberg.

Já Estúpido Cupido é um dos maiores clássicos da faixa das sete da Globo. Escrita por Mário Prata, a trama narra as aventuras de um grupo de jovens que vive na cidade de Albuquerque na década de 1960. Françoise Forton, Ricardo Blat e Ney Latorraca estão entre os protagonistas.

Coração Alado, por sua vez, foi uma novela das oito de enorme sucesso escrita por Janete Clair e estrelada por Tarcísio Meira, Débora Duarte e Vera Fischer. Por fim, Chega Mais foi uma trama das sete escrita por Carlos Eduardo Novaes e estrelada por Tony Ramos e Sonia Baga, que viviam um casal com o sugestivo nome Tom e Gelly.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O que vem por aí?

Tarcísio Meira e Débora Duarte - Coração Alado
Tarcísio Meira e Débora Duarte – Coração Alado (Divulgação / Globo)

Após o lançamento com quatro novelas de uma vez, o Projeto Fragmentos continuará relançando partes de clássicos da teledramaturgia da Globo no Globoplay com um título por mês. A previsão é que o projeto vá até 2025 e resgate partes de 28 novelas.

Assim, várias novelas que a Globo não possuem inteiras nos arquivos poderão ter algo resgatado no Globoplay. A emissora perdeu parte do acervo em razão de incêndios que aconteceram em seus estúdios nos anos 1970, ou até mesmo por conta da reutilização de fitas.

Tramas como Bandeira 2 (1971), O Cafona (1971), Uma Rosa com Amor (1972), O Semideus (1973), Os Ossos do Barão (1973) e Escalada (1975) são alguns dos folhetins que o canal só preservou algumas cenas e pouquíssimos capítulos. Esse material, portanto, pode ser lançado durante o Projeto Fragmentos.

Whatsapp


Leia também