Sumiço de novela que foi exibida pelo SBT é cercado de mistérios

Whatsapp

Quem é fã do seriado Chaves já ouviu falar dos famosos “episódios perdidos”, que, ao longo do tempo, deixaram de ser exibidos pelo SBT. O mistério acabou em 2015, quando a emissora de Silvio Santos encontrou tais programas e colocou no ar.

Serafim

Uma história parecida intriga os fãs das novelas produzidas pela Televisa. Serafim, exibida pelo SBT em 2001, sumiu do mapa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O folhetim desenvolvido por José Alberto Castro acompanhava a trajetória de Serafim, um anjo alegre e bondoso, mas muito travesso – e feito em animação, uma novidade na época.

Leia mais

Serafim

Após aprontar muito no céu, ele é enviado à Terra para aprender a se comportar. Quando chega no México, conhece Zezinho (Jordy Landeta), além da mãe e do avô do menino, Carmem (Maribel Guardia) e Joaquim (Miguel Pizarro).

Ao longo da trama, Serafim e Zezinho tornam-se grandes e inseparáveis amigos; apenas o menino, e os que conquistam a confiança do menino, podem vê-lo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O sumiço do anjo

Serafim

A novela foi um grande sucesso da Televisa, assim como do SBT, que obteve bons pontos de audiência com a produção infantil. O êxito foi tão grande que Serafim virou filme, levando muitas pessoas para o cinema.

Serafim, no entanto, nunca foi reprisada, aqui ou no México; registros da obra na internet sumiram, restando poucas cenas e informações a respeito. Um verdadeiro mistério se criou em torno do “desaparecimento” da trama sobre o querubim…

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Acusação de plágio

Serafim

A mídia mexicana alega que a escritora Patrícia Romani entrou com um processo milionário contra a Televisa. Ela argumenta que o seu livro, Más Alá del Amor Existe la Fé, serviu de ponto de partida para Serafim. Romani não fala sobre o fato, mas, em uma entrevista recente, afirmou que iria até o fim para mostrar que ela sofreu plágio.

Nem o grupo de mídia, nem a autora se manifestam sobre a disputa judicial, eventuais valores ou quem ganhou a ação. De fato, a ausência de Serafim de reprises na Televisa ou disponibilização no BLIM, o streaming do canal.

Os poucos registros disponíveis na internet dão a entender que, para evitar problemas, a novela está bem escondida nos arquivos. O que resta está no YouTube: a abertura, cenas avulsas e o filme completo.

Whatsapp


Leia também