Sem grana, ator vendia esfirra na praia antes de bombar em novela da Globo

Whatsapp

Em 1991, a Globo levava ao ar a novela O Dono do Mundo, escrita por Gilberto Braga. Um personagem ocupou o vídeo por apenas uma semana, tempo suficiente para cativar o público. Walter, vivido por Tadeu Aguiar, era casado com a mocinha Márcia (Malu Mader) – que acabou indo pra cama com o vilão Felipe Barreto (Antônio Fagundes).

Tadeu começou sua carreira aos 20 anos, atuando em peças de teatro. Fez sua estreia na televisão em Jogo do Amor, novela exibida pelo SBT em 1985. E só voltou para a TV cinco anos depois, através da Globo, trabalhando nas minisséries Boca do Lixo e A, E, I, O… Urca.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Passagem meteórica por novela

O Dono do Mundo

Em O Dono do Mundo, que contava com consagrados nomes no elenco, o ator teve a grande chance de mostrar o seu talento em horário nobre.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Aceitei estrear com essa participação pequena porque o personagem é muito forte e importante na trama. O Walter será lembrado o tempo todo na história. Além disso, ele tem muito a ver comigo, porque eu também acredito no amor”, contou o ator ao jornal O Globo.

Mas a decisão de aceitar o papel não foi simples. Tadeu, que chegou a vender esfirras na praia, voltava à televisão vivendo um personagem trágico.

“Fiquei um pouco preocupado, porque estava saindo de uma fase difícil e queria muito trabalhar. Na época, todos os meus colegas me incentivaram a fazer o personagem, lembrando que a Giulia Gam, por exemplo, teve o seu primeiro grande sucesso na televisão em uma participação de poucos capítulos [Mandala, 1987]. Agora, tenho certeza que tomei a decisão correta. Plantei uma coisa muito boa”, revelou o ator na entrevista.

Em 2014, por ocasião da estreia de O Dono do Mundo no Canal VIVA, Aguiar exaltou a trama em entrevista ao jornal Extra:

“Foi meu menor papel, mas o de maior projeção. A ingenuidade que eu imprimi no personagem, a lealdade que ele tinha à noiva Márcia… As pessoas se encantaram”, rememorou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Esse trabalho me salvou”

O Dono do Mundo

Na mesma matéria, ele resgatou detalhes da vida antes da fama que a novela, então “das oito”, lhe deu:

“Esse trabalho me salvou. Na época, estava vendendo esfirra na praia para sobreviver. Assinei, feliz, o contrato. Lembro que a diária que a gente ganhava durante as gravações no Canadá eram bem maiores do que o meu salário”.

Posteriormente, Tadeu Aguiar foi chamado para trabalhos como Você Decide (1992), Olho no Olho (1993), Irmãos Coragem (1995), Mulher (1998), Babilônia (2015) e Liberdade, Liberdade (2016). No teatro, ele atuou e dirigiu várias peças de sucesso. Aguiar também foi jurado do Show de Calouros, do SBT.

Risco de morte em assalto

Tadeu Aguiar

Em 2015, Tadeu virou notícia ao ser assaltado com o colega Sérgio Menezes no Complexo do Chapadão, em Costa Barros, Rio de Janeiro. Eles atuavam na peça Bilac Vê Estrelas, e, ao seguirem a rota alternativa de um aplicativo, entraram na comunidade e foram assaltados.

“Tentei ainda ficar com a minha mochila, mas o outro a levou. Após o roubo, ficamos na favela e uma moradora nos ajudou cedendo o telefone para ligarmos para a nossa produção, que foi lá nos resgatar”, disse Tadeu ao O Globo.

Em 2018, o ator foi contratado pela Record atuando em duas produções, Jesus (2018) e Gênesis (2021), sendo este o seu último trabalho na televisão até o momento.

Whatsapp


Leia também