Sem contrato na TV, estrela das novelas desabafou: “Esqueceram de mim”

Whatsapp

Lúcia Maria Werner Viana Lins nasceu em 9 de março de 1953, no Rio de Janeiro (RJ). Cresceu na Barra da Tijuca e, na juventude, participou do MAU (Movimento Artístico Universitário), onde começou a cantar.

Lucinha Lins

Em 1971, casou-se com o cantor Ivan Lins e participava de seus shows como vocalista e percussionista. Também passou a disputar festivais de músicas e gravar comerciais, aparecendo com frequência na televisão. Em 1981, venceu o festival MPB Shell, com a música Purpurina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estreou na Globo em 1979, na série Plantão de Polícia. Depois, participou de um episódio do Sítio do Picapau Amarelo e dos especiais Pirlimpimpim e Casa de Brinquedos.

Leia mais

Em 1984, esteve na minissérie Rabo de Saia, mas se destacou pra valer como a Mocinha de Roque Santeiro, em 1985. A partir daí, vieram importantes papeis, como em O Salvador da Pátria (1989), recentemente exibida pelo canal Viva, O Dono do Mundo (1991), Despedida de Solteiro (1992) e Fera Ferida (1993).

Em 1994, viveu outra destacada personagem: Estela Toledo, irmã da protagonista Diná (Christiane Torloni), em A Viagem, também recentemente mostrada pela emissora fechada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saída da Globo e ida para a Record

Lucinha Lins

A partir daí, diminuiu a presença em produções da Globo, participando de tramas como As Pupilas do Senhor Reitor (1994), Sangue do Meu Sangue (1995), Perdidos de Amor (1996) e Tiro e Queda (1999).

Ainda esteve novamente na Globo em Malhação (1997), Corpo Dourado (1998), Esplendor (2000), Estrela-Guia (2001) e Chocolate com Pimenta (2003).

Fez Esmeralda (2004), no SBT, antes de partir para a Record, onde iniciou em Vidas Opostas (2006) e esteve até poucos meses atrás, tendo participado de Chamas da Vida (2008), Vidas em Jogo (2011), Vitória (2014), O Rico e o Lázaro (2017) e Apocalipse (2017).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saída da Record e mágoa com Os Trapalhões

Lucinha Lins e Claudio Tovar

Em entrevista a Fábio Porchat em 2018, Lucinha revelou ter ficado chateada com antigos colegas por não fazer parte do elenco do filme Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo à Hollywood, lançado em 2017. Ela participou da versão original do filme, em 1981, onde despontou como atriz.

“Não me chamaram, fiquei até aqui de mágoa. Fiquei. Eu podia fazer o leão fedorento do circo, podia passar lá atrás, estar na plateia… Esqueceram de mim”, declarou.

Em 2019, Lucinha pediu dispensa da Record após recusar papeis em Topíssima e Amor sem Igual para se dedicar novamente aos palcos, viajando pelo Brasil com a turnê do musical Palavra de Mulher. Dessa forma, não renovou seu contrato com o canal de Edir Macedo e está livre para atuar em qualquer emissora.

Atualmente com 69 anos, desde 1983 é casada com o ator e cantor Cláudio Tovar. Tem quatro filhos, incluindo o ator Cláudio Lins.



Leia também