Sem abrir a boca, peão de Pantanal chama atenção do público

Whatsapp

Seja na roda de viola, na lida ou em papos furados no alojamento, ele está sempre lá. João Zoinho é testemunha de tudo o que se passa com Tadeu (José Loreto), Tibério (Guito), Alcides (Juliano Cazarré) e companhia, mas dificilmente abre a boca para contribuir com a prosa. Ainda assim, os espectadores de Pantanal estão de olho no “peão mudo” da trama da Globo.

Pantanal

Zoinho já chamou tanto a atenção que até conquistou mais espaço na novela das nove. Após capítulos a fio sendo apenas espectador das famosas rodas de viola da fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira), o peão até soltou a voz num dos recentes capítulos da trama de Benedito Ruy Barbosa, que é atualizada por Bruno Luperi.

Porém, se na novela Zoinho não tem uma participação muito efetiva, nos bastidores a coisa é diferente. Thommy Schiavo, o intérprete do peão, tem afinidade com a vida rural e aprendeu a andar a cavalo aos 6 anos de idade. Por isso, se tornou o instrutor de atores, como Alanis Guillen (Juma), Camila Morgado (Irma), Jesuíta Barbosa (Jove) e outros artistas do folhetim.

Leia mais

“Eu lhes ensinei o básico: como apertar uma sela, como subir, como segurar uma rédea, movimentação, postura. Porém, o mais legal foi eles terem entendido a dinâmica do respeito e da autoconfiança”, revelou Thommy ao Gshow.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Criação conjunta

Pantanal

A princípio Thommy Schiavo era apenas mais um peão na comitiva de José Leôncio. No entanto, aos poucos, o “peão mudo”, que nem nome tinha, foi aparecendo em mais e mais cenas em Pantanal.

“Como é um personagem que foi aparecendo, nós o fomos criando, adaptando, todos juntos do nosso núcleo de peões: o [Juliano] Cazarré, o [José] Loreto, o Gabriel [Sater], a Dira [Paes], o [Marcos] Palmeira. Isso foi muito bacana, eu gosto de falar que o Zoinho tem um pouquinho de cada um deles”, revelou o artista.

Ainda em entrevista ao G Show, Thommy Schiavo comemorou ao ganhar espaço para soltar a voz nas cenas de viola da produção. “Todos ali são meus amigos, são pessoas que viraram meus irmãos. Além disso, contamos com a presença de nosso diretor, também, que esteve à frente, o Davi, ao qual já me dirige há alguns anos. Então, para mim, foi um misto de boas companhias e emoções; foi muito especial, de verdade!”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Trajetória

Pantanal

Natural de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, Thommy Schiavo tem 37 anos e já acumula bastante experiência na telinha. O rapaz, que é formado pela Casa de Artes Laranjeiras, no Rio de Janeiro, estreou na Globo em 2007, quando atuou no especial Por Toda a Minha Vida. Na produção, ele deu vida ao cantor Leandro, que formava dupla com o irmão Leonardo.

O especial, que foi dirigido por Rogério Gomes, o Papinha, rendeu a Thommy seu primeiro papel numa novela. O ator viveu o peão Chico em Paraíso (2009), também um remake de Benedito Ruy Barbosa. “Conversei com o Papinha e disse que adoraria fazer uma novela do Benedito, que conhecia bem o universo do campo. Ele me convidou logo depois”, contou o ator ao UOL em 2009.

Depois disso, Thommy Schiavo emplacou participações em outras novelas da Globo, como Cordel Encantado (2011) e Além do Tempo (2015).

Whatsapp


Leia também