Saiba o que aconteceu com o ator que fez Teodoro em O Cravo e a Rosa

Whatsapp

Matheus Petinatti nasceu em Campinas (SP) em 24 de março de 1975. Seu início de carreira foi no começo da década de 1980, como garoto propaganda de inúmeras marcas, como Nestlé, Perdigão e Cica, entre outras. Sua formação artística foi pelo Teatro Escola Célia Helena, na capital paulista, em 1994.

Matheus Petinatti

O ator estreou na televisão em 1995, no game show interativo Hugo, exibido pela TV Gazeta (SP). Bastante famoso junto ao público infantil na época de sua exibição, era um formato desenvolvido pela empresa Interactive Television Entertainment, da Dinamarca. A proposta era fazer com que o telefone do telespectador fosse um controle que interagia com o personagem animado.

Matheus esteve à frente do programa na sua primeira fase, onde eram apresentadas duas edições ao vivo. A primeira, na parte da manhã, era apresentada por ele, que atendia as ligações, interagia com os participantes e explicava as regras do jogo.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estreia em novelas

Matheus Petinatti

Após o término de sua participação no comando do game show, Matheus começou a atuar em novelas. Seu primeiro trabalho neste gênero foi em Xica da Silva, na Rede Manchete.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O artista entrou no elenco da trama por conta de um anúncio lido no jornal, onde foi avisado que estavam precisando de atores para atuar na produção, como ele mesmo relatou durante uma live no canal do Tiago Leonardo, em 2020.

“Eu estava sem contrato, sem grana. Aí eu estava na casa de um amigo no Rio e foi por acaso que abri o jornal e estava escrito assim: Manchete está contratando atores para novela Xica da Silva. Daí eu peguei o meu carro e fui para Irajá, onde ficavam os antigos estúdios da Manchete no Rio de Janeiro”, relembrou.

Na mesma entrevista, ele detalhou seu encontro com Walter Avancini, diretor do folhetim, e como conquistou um papel.

“Depois de uma hora de espera, eu entrei na sala dele e mostrei a ele uma fita de vídeo, e aí ele olhou a fita, assistiu e depois que ele assistiu tudo ele chamou o Pilar, que era assistente dele. (…) Daí o Pilar me deu um texto de quatro, cinco páginas. Peguei o texto, fiquei um período de tempo em que fiquei decorando rápido e depois fui com o Pilar pro estúdio. Daí gravei e depois pediram para que eu esperasse na sala de espera. Ele passou a fita pro Avancini e a secretária pediu para que eu entrasse e o Avancini disse: olha, esse era o último papel para entrar na novela e ele é seu”.

Na trama escrita por Walcyr Carrasco, sob o pseudônimo de Adamo Angel, ele viveu o personagem Xavier Cabral.

Ainda na Manchete, Matheus fez a novela seguinte, Mandacaru, onde viveu o personagem Fala Baixo. Transferiu-se para Globo em 1998, onde atuou no remake de Pecado Capital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Cravo e a Rosa e afastamento da televisão

Matheus Petinatti

Em seguida, esteve em O Cravo e a Rosa (2000), atualmente reprisada em edição especial pela Globo. Na trama, ele viveu o personagem Teodoro, assessor de campanha do banqueiro Batista (Luís Mello), que o incentivou a arranjar uma nova esposa.

No final, Teodoro termina a trama noivo da garçonete Kiki (Rejane Arruda) e se candidata ao cargo de prefeito da cidade.

Em seguida, Matheus fez a novela Seus Olhos, no SBT (2004), e um episódio do quadro Lendas Urbanas, do Domingo Legal. Ele também foi apresentador de programa de videoclipes da Rede Gospel (2008) e, no mesmo ano, esteve no espetáculo teatral Adão e Eva: O Clássico, sua última aparição no meio artístico.

Atualmente, Matheus Petinatti tem 47 anos e vive nos Estados Unidos, junto com a esposa Simone Petinatti e suas duas filhas. Ele é CEO da Polarysx Sports Management, além de ser diretor de marketing na Three Zero Five, localizada em Miami, na Flórida.

Whatsapp


Leia também