Saiba o que aconteceu com o ator que fez Januário em O Cravo e a Rosa

Whatsapp

Antônio Taumaturgo Soares Ferreira foi uma das grandes revelações da televisão brasileira na década de 1980. Nascido em 17 de janeiro de 1956, na capital paulista, o ator iniciou sua carreira em 1979, em Cara a Cara, da Band, onde ainda fez outras tramas antes de migrar para a Globo.

Taumaturgo Ferreira

Na nova cassa, se destacou em Anos Dourados (1986), como Urubu, e, no ano seguinte, na primeira fase de Mandala, quando viveu o jovem Laio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Primeiro protagonista

Seu primeiro protagonista veio em 1989, quando interpretou Lucas em Top Model, quando contracenou com Malu Mader, com quem ficou junto na vida real, durante um ano e meio. Em 1990, Malu se casou com o cantor Tony Belloto, com quem está até hoje.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes disso, o ator também namorou a atriz Maria Zilda.

“Foi dentro de Hipertensão, mas atrás das câmeras. A gente não era par na trama, acho que só demos um beijo em cena. Só rolava mesmo atrás das câmeras”, declarou ele em live.

Outros personagens de destaque vieram em Renascer (1993), quando foi Zé Venâncio, em O Cravo e a Rosa (2000), como Januário, e em Celebridade (2003), como Nelito.

Taumaturgo Ferreira

A trama de Gilberto Braga, aliás, foi seu último trabalho na Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ida para a Record

Taumaturgo Ferreira

Após uma participação na série Mandrake, em 2005, ele aceitou convite da Record e emendou diversas produções no canal de Edir Macedo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estreou na nova casa em Cidadão Brasileiro (2006), e depois esteve em Caminhos do Coração, Os Mutantes: Caminhos do Coração, A Lei e o Crime, Ribeirão do Tempo, sua última novela até o momento, José do Egito e Milagres de Jesus.

Taumaturgo decidiu deixar a Record quando a emissora passou a se dedicar somente a tramas bíblicas. Por isso, ele recusou duas propostas de novelas religiosas.

“Fui muito bem tratado [na Record], agradeço pelo tempo que fiquei lá, mas ia sair de qualquer jeito. Porque você quer jogar no Barcelona, no Paris Saint-Germain… Eu queria fazer outras coisas e planejar uma volta para a Globo”, declarou o ator ao site Notícias da TV, em 2017.

“Mas eu estava tranquilo, esperando o trabalho certo, sem pressa. Não queria ficar forçando a barra, pedindo [papel para produtores de elenco, autores]. Apesar de eu conhecer muita gente na Globo, não queria aparecer em qualquer coisa, sou meio supersticioso nesse sentido, gosto de ser convidado. Se tem uma forçação de barra, acabam te enfiando num negócio que não é a sua cara, só pra te ajudar”, completou.

Por onde anda Taumaturgo Ferreira, o Januário de O Cravo e a Rosa?

Nos últimos anos, o ator participou da série Magnífica 70, da HBO, e das duas temporadas de Ilha de Ferro, do Globoplay, vivendo o personagem Buda.

A primeira temporada foi exibida recentemente pela Globo, marcando, mesmo que indiretamente, uma volta do ator ao canal após 17 anos. Mas foi só, pelo menos por enquanto.

Afastado da televisão, nos últimos anos vem se dedicando mais ao teatro – estava na montagem Mãos Limpas, ao lado de Juca de Oliveira, antes da pandemia.

Além de ator, Taumaturgo também é artista plástico, já tendo participado de exposições em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Porto Alegre desde 1997.

Atualmente com 66 anos, Taumaturgo namora a arquiteta paulista Janne Saviano.

Numa live no Instagram, ele contou que tem passado a maior parte do tempo em seu apartamento em São Paulo, apesar de ter uma casa no Rio.

“Tenho andado muito de bicicleta, mas sempre de máscara e protegido. Mas não tenho deixado de sair”, comentou.



Leia também