Fora da TV há cinco anos: saiba como está Claudia Alencar, a Laura de Tieta - TV História

Fora da TV há cinco anos: saiba como está Claudia Alencar, a Laura de Tieta

Whatsapp

Musa da televisão nos anos 1980 e 1990, Claudia Alencar está afastada das novelas há cinco anos. A atriz nasceu em 12 de julho de 1950, na capital paulista. É bacharel em teatro pela Escola de Comunicação e Artes da USP e chegou a lecionar artes cênicas durante cinco anos. Também cursou Ciências Sociais por três anos.

Durante o regime militar, foi filiada à Aliança Libertadora Nacional (ALN), sendo presa e torturada em 1972.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Claudia estreou na televisão em 1975, em um teleteatro na TV Cultura. Em 1976, fez sua primeira novela, Canção para Isabel, na Tupi, onde ainda esteve em Salário Mínimo (1979), Gaivotas (1979) e Drácula (1980).

Depois de passar pela Band, onde fez tramas como Os Imigrantes (1981), e pelo SBT, participando de Meus Filhos, Minha Vida (1984), foi para a Globo, onde estreou em Padre Cícero (1984).

Seu primeiro papel de destaque na emissora veio em 1986, quando interpretou Patativa, uma das mulheres de Tabaco (Osmar Prado) em Roda de Fogo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 1989, viveu a fogosa Laura, em Tieta. No final da novela, descobriu-se que ela era a Mulher de Branco, criatura que atacava sexualmente os moradores de Santana do Agreste.

Nos anos 1990, esteve em Fera Ferida (1993), Cara e Coroa (1995), Anjo de Mim (1996) e Hilda Furacão (1998).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na década seguinte, participou de Esplendor (2000), Porto dos Milagres (2001), O Quinto dos Infernos (2002) e Kubanacan (2003).

Em 2005, assinou contrato com a Record, onde fez Prova de Amor, vivendo Teresa Avelar, Alta Estação (2006), Os Mutantes (2008) e Vidas em Jogo (2011).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Voltou para a Globo em 2015, participando de Felizes para Sempre. No ano seguinte, fez sua última novela até o momento, Rock Story, vivendo Tetê Lima em participação especial.

Atualmente com 71 anos, a atriz também é artista plástica. Também se destaca publicando ensaios fotográficos produzidos em suas redes sociais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Faço esteira, alongamento. Tenho uma alimentação saudável e até dou palestra sobre isso, porque sei que o melhor remédio é a comida. Não me sinto com 70 anos, tenho 50”, contou à revista Quem. “Cortei sal, açúcar, doce, massa, creme de leite, salsicha, linguiça, feijoada, fritura. Cortei tudo para poder ficar viva por mais tempo com saúde. E a saúde traz beleza, saúde mental”, completou.

Na mesma entrevista, contou que tem uma vida amorosa agitada. “Paquero muito. Tenho vários amigos que a gente se encontra e dá uma namoradinha, mas nada de namoradona. Só tive um assim, que foi para os Estados Unidos. Agora encontro alguns. Não me envolvi, não por preconceito nem nada. Mas por falta de fantasia mesmo”, explicou.

Para completar, ela disse que gostaria de voltar a atuar. “Não estou sendo chamada para nada. Se fosse uma velhinha carcomida de 70 anos seria mais chamada. Com a minha saúde e beleza, eles não sabem o que fazer comigo. Gostaria de fazer séries na Globoplay, na Netflix, no Prime Video. Adoraria voltar para o set”, concluiu.



Leia também