Relembre novelas da Globo que abordaram esportes

Relembre novelas da Globo que abordaram esportes

Whatsapp

Na história da TV brasileira, dramaturgia e esporte sempre caminharam lado a lado – e não estamos falando apenas das noites de quarta-feira, quando o futebol sucede a nove das nove da Globo. Muitas tramas da emissora já abordaram diversas modalidades de esportes, desde as mais conhecidas até as pouco difundidas.

Listamos abaixo alguns exemplos de boas novelas com essa “pegada” esportiva no canal do Plim Plim.

Confira:

Avenida Brasil

Exibida em 2012, “Avenida Brasil” foi um dos maiores sucessos recentes da TV brasileira, e um dos motivos disso foi o futebol. A modalidade esportiva mais popular do planeta serviu como plano de fundo para a trama de João Emanuel Carneiro no horário nobre. Afinal, o núcleo central da novela contou com o personagem Tufão (interpretado por Murilo Benício), um ex-jogador do Flamengo.

Anos mais tarde, outros personagens também desfilaram seu talento com a bola nos pés no Divino Futebol Clube, como Jorginho (Cauã Reymond), Adauto (Juliano Cazarré), Leandro (Thiago Martins) e Iran (Bruno Gissoni). A última cena da novela, inclusive, é uma partida em que o clube conquista o acesso à primeira divisão.

Da Cor do Pecado

A novela “Da Cor do Pecado” foi exibida em 2003 e fez sucesso por abordar o surfe em uma época em que o Brasil sequer tinha títulos mundiais na modalidade – hoje, já são 5, sendo 3 com Gabriel Medina, um com Adriano de Souza e outro com Ítalo Ferreira, que também é medalhista de ouro na Olimpíadas.

Quem mandava bem nas ondas eram Moa (Alinne Moraes) e Sal (Thiago Martins), além dos irmãos da Família Sardinha. A novela mostrou alguns campeonatos e a rixa entre a trupe de Sal e Moa com o “clã” de Brad (Victor Perales), que se intitulava o dono do pedaço – rivalidade que existe em muitos picos do surfe, diga-se. A modalidade voltou a ser assunto na Globo alguns anos mais tarde, em 2008, com “Três Irmãs”.

Além do surfe, Da Cor do Pecado também trouxe a luta livre como plano de fundo, com os irmãos da Família Sardinha, Ulisses (Leonardo Brício), Thor (Cauã Reymond), Dionísio (Pedro Neschling) e Apolo (Reynaldo Gianecchini), treinados pela exigente “Mamuska” Edilásia (Rosi Campos)

A Força do Querer

Um dos maiores sucessos da TV nos últimos anos, “A Força do Querer” (exibida originalmente em 2017 e reprisada há poucos meses na Globo) trouxe um esporte “diferente”, o poker, considerado uma modalidade esportiva da mente. A personagem Silvana, interpretada por Lília Cabral, era uma jogadora fanática por uma vertente do poker conhecida como Five-Card Draw.

Apesar de abordar também os riscos que o jogo compulsivo pode trazer, a novela conseguiu dar luz à uma modalidade que vem crescendo a cada ano, especialmente no Brasil, que lidera os rankings online de poker há algum tempo, com diversos jogadores no top 100 mundial.

Este não foi o único esporte abordado pela trama. Outra modalidade amplamente presente foi o MMA, graças à personagem Jeiza (Paolla Oliveira), que conciliava sua profissão de policial com o octógono e chegou a vencer uma luta no principal evento do mundo, o UFC, levantando o cinturão.

A Vida da Gente

Outra novela que foi recentemente reprisada pela emissora e trouxe um esporte como assunto foi “A Vida da Gente”, exibida originalmente em 2011. Uma das protagonistas, Ana (vivida por Fernanda Vasconcellos) é uma talentosa e promissora tenista que acaba tendo a carreira interrompida por conta de um acidente.

Anos mais tarde, ela volta ao esporte se torna treinadora, ajudando Sofia (Alice Wegmann) a vencer um torneio. Além de mostrar os pormenores de uma das modalidades esportivas mais praticadas no Brasil e no mundo, a novela mostrou de perto a relação entre atletas e treinadores, por muitas vezes conturbada em vários esportes.

Guerra dos Sexos

Voltando um pouco tempo, em 1984, “Guerra dos Sexos” foi um dos grandes sucessos da Globo na década. A trama de Silvio de Abreu e Jorge Fernando trouxe como um de seus personagens o boxeador Ulisses, vivido por José Mayer – um dos primeiros papeis de destaque do ator que recentemente anunciou sua aposentadoria.

Três décadas depois, Silvio de Abreu e Jorge Fernando repetiram a dobradinha no remake de “Guerra dos Sexos”. Quem deu vida a Ulisses foi Eriberto Leão, mas o esporte foi outro: em vez de esporte, o MMA.

Malhação

Por fim, é impossível falar sem esporte na dramaturgia sem mencionar Malhação. Há quase 30 anos, o seriado retrata o cotidiano de jovens e quase sempre traz alguma modalidade esportiva como plano de fundo – e não estamos falando apenas da própria malhação, como o nome sugere.

A temporada mais recente, “Toda Forma de Amar”, abordou o futebol por meio da personagem Anjinha (Caroline Dallarosa), uma garota em busca do sonho em se firmar na modalidade, além do muay thai, com o personagem Madureira (Henri Castelli). Porém, ao longo dos anos, a trama trouxe também esportes como surfe, skate, judô, polo aquático, natação, vôlei e outros.

Whatsapp


Leia também