Já era: rejeitados pelo público, queridinhos perdem espaço na Globo

Duas estrelas do jornalismo da emissora perderam o posto após receberem críticas do público

Whatsapp

Ainda faltam dois meses para o Carnaval, mas a Globo já se mobiliza para organizar as transmissões dos desfiles das escolas de samba em seu tradicional Carnaval Globeleza. A ideia é fazer algo bem diferente do que foi visto pelo público nos anos anteriores.

Maju Coutinho no Fantástico
Maju Coutinho no Fantástico (reprodução/Globo)

Uma das primeiras mudanças é a troca de apresentadores. No Rio de Janeiro, Maju Coutinho deixará a condução da folia após ter sido duramente criticada nos anos anteriores.

Já em São Paulo, Rodrigo Bocardi deixa a folia pelos mesmos motivos. Seu trabalho não agradou e foi alvo de várias críticas na web.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Não agradou

Maju Coutinho e Rodrigo Bocardi
Maju Coutinho e Rodrigo Bocardi (Reprodução / Instagram)

Após anos no comando dos desfiles do Rio de Janeiro, Fátima Bernardes pediu para deixar o Carnaval Globeleza e foi substituída por Maju Coutinho, que passou a ancorar a transmissão ao lado de Alex Escobar. No entanto, a apresentadora do Fantástico foi bastante criticada na função.

Leia mais

No ano passado, as gafes de Maju não passaram batidas e ela foi alvo de vários comentários negativos na web. Ela chegou a trocar o nome da Mocidade Independente de Padre Miguel para Mocidade Alegre, e a internet não perdoou o erro.

Com isso, a direção da Globo optou por fazer mudanças. Em 2024, Karine Alves é quem deve assumir o posto e comandar a folia carioca, ao lado de Alex Escobar e Milton Cunha. Karine é apresentadora da área do esporte, mas tem ligação com o cenário do samba do Rio.

No entanto, Maju não vai ficar totalmente de fora da folia. A jornalista comandará uma série documental sobre a festa para o Fantástico, além de participar da cobertura do Carnaval.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bocardi ficou de fora

Carnaval Globeleza - Rodrigo Bocardi
Rodrigo Bocardi apresentando o Desfile das Escolas de Samba de SP (Reprodução / Globo)

Quem também não agradou o público e vai ficar de fora do Carnaval Globeleza é Rodrigo Bocardi. O âncora do Bom Dia São Paulo sucedeu Chico Pinheiro no comando da folia paulistana, mas passou bem longe do carisma do ex-global.

Na internet, muita gente classificou Rodrigo como “antipático” e sem carisma. Segundo o site F5, da Folha de S.Paulo, o jornalista não foi bem avaliado pela direção da Globo no comando do carnaval, em razão de suas gafes e comentários.

Aline Midlej, que comandou a transmissão do desfile de São Paulo com Bocardi, também não estará na função em 2024. Mas, neste caso, não tem a ver com má avaliação. É que a jornalista estará retornando de sua licença-maternidade e reassumindo o comando do Jornal das Dez, da GloboNews, no mesmo período.

No entanto, a emissora ainda não definiu quem substituirá Rodrigo e Aline Midlej. De acordo com o F5, um nome bastante cotado é o de Thiago Oliveira (foto abaixo), apresentador do É de Casa.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mudanças no Carnaval da Globo

Thiago Oliveira
O apresentador Thiago Oliveira (Divulgação / Globo)

A Globo pretende incrementar a transmissão dos desfiles das escolas de samba e a cobertura do Carnaval Globeleza. A ideia é deixar a cobertura da folia mais divertida e voltar a faturar com o evento, que não teve bom desempenho comercial em 2022 e 2023.

De acordo com o F5, a Globo conseguiu apenas um patrocinador nas transmissões dos últimos dois anos e quer reverter este cenário. Uma das novidades será levar o Camarote Globeleza para São Paulo – até então, ele só acontecia no Rio.

A Globo vai transmitir os desfiles das escolas de samba do grupo especial de São Paulo nos dias 9 e 10 de fevereiro. Já nos dias 11 e 12, é a vez do do grupo especial do Rio de Janeiro.

Whatsapp


Leia também