Rejeição: pesadelo de 31 anos atrás volta a assombrar Renascer

Pelo visto, atriz não vai conseguir escapar de "maldição" em torno de personagem da novela da Globo

Whatsapp

André Santana

A primeira versão de Renascer, produzida em 1993, foi um grande sucesso. Mas nem todo mundo conseguiu curtir esse êxito. A atriz Adriana Esteves, por exemplo, saiu traumatizada do trabalho após ser duramente criticada ao viver Mariana.

Marcos Palmeira em Renascer
Marcos Palmeira em Renascer

E, ao que tudo indica, Theresa Fonseca não vai conseguir escapar da “maldição” em torno da personagem. Sua Mariana, que vai pra cima de José Inocêncio (Marcos Palmeira), mal entrou em cena e já vem sofrendo rejeição do público.

Será que a história desse pesadelo vai se repetir após 31 anos? Por enquanto, sim.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Personagem difícil

Adriana Esteves na primeira versão de Renascer
Adriana Esteves na primeira versão de Renascer

Em 1993, Adriana Esteves era uma estrela em ascensão. Ela tinha acabado de viver sua primeira protagonista, em Pedra Sobre Pedra (1992), e já emendou o trabalho com Renascer. Porém, Mariana não foi tão bem recebida pelo público quanto Marina, a mocinha da trama de Aguinaldo Silva, Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn.

As críticas foram tão pesadas que Adriana Esteves saiu traumatizada da experiência. Tanto que ela recusou o papel de Babalu em Quatro por Quatro (1994) e ficou uns bons anos longe das novelas.

Seu retorno aconteceu apenas em 1996, em Razão de Viver (SBT). No ano seguinte, voltou à Globo em A Indomada (1997) e sua carreira decolou de vez a partir daí.

“Sou muito ansiosa e me cuido para nunca mais passar pelo que passei no início dos anos 1990, quando sofri de depressão. Tinha 22 anos, havia acabado de gravar Renascer e entendi as críticas à personagem como um massacre a mim. Demorei uns dois, três anos para sair desse processo. Em 1995, eu renasci após a depressão”, revelou ela em entrevista para a revista Veja, em 2021.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rejeitada

Theresa Fonseca como Mariana em Renascer
Theresa Fonseca como Mariana em Renascer (divulgação/Globo)

Dúbia e controversa, Mariana é uma personagem realmente difícil. Adriana Esteves carregou um fardo na primeira versão de Renascer e, agora, cabe a Theresa Fonseca passar por situação semelhante.

A jovem que chega para se vingar de José Inocêncio (Marcos Palmeira) surgiu esta semana no remake da trama e já vem causando repulsa em parte do público.

Nas redes sociais do GShow, já existem vários comentários que mostram que a audiência está torcendo o nariz para a personagem.

“Essa Mariana, tá tão sem sal e sem açúcar!”, reclamou uma internauta.

“Casal sem um real de química..quem ia bem nesse papel sem dúvida..Ísis Valverde!”, sugeriu outra.

“Mariana é uma personagem chata. Não tem a ver com a atriz”, rebateu mais uma.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Difícil de defender

Theresa Fonseca, Marcos Palmeira e Juan Paiva em Renascer
Theresa Fonseca, Marcos Palmeira e Juan Paiva em Renascer (divulgação/Globo)

Em 1993, Adriana Esteves sofreu duras críticas por conta de Mariana. Mas é preciso reconhecer que a atriz não fez um trabalho ruim. Ela acabou pagando o pato por conta do perfil controverso da personagem, que seduz pai e filho em busca de uma vingança.

Mariana, na verdade, não é apenas uma moça vingativa. Ela é dúbia. Sua aproximação se deu por intenções controversas, mas é evidente que a moça realmente se apaixona por José Inocêncio. Porém, ela não foi perdoada pelo público, e Adriana Esteves virou o alvo.

Mais de 30 anos depois, o público consegue separar melhor as coisas. Mariana, pelo jeito, continuará sendo rejeitada. Porém, é pouco provável que essa rejeição respingue em sua intérprete. Theresa Fonseca tem feito um bom trabalho.

Whatsapp


Leia também