Quer distância da TV: como está Renée de Vielmond hoje em dia

Saiba o que aconteceu com a atriz que viveu Ana Luísa em Paraíso Tropical

Whatsapp

No ar em Vale a Pena Ver de Novo, Paraíso Tropical (2007) conta com a veterana Renée de Vielmond no elenco. A atriz vive Ana Luísa, esposa do poderoso Antenor Cavalcanti (Tony Ramos), uma mulher elegante que vive o trauma de ter perdido um filho adolescente.

Renée de Vielmond em Paraíso Tropical
Renée de Vielmond em Paraíso Tropical (Reprodução / Globo)

A trama de Gilberto Braga e Ricardo Linhares marcou o retorno da atriz às novelas após um hiato de 12 anos. Porém, foi também a última novela da estrela, que decidiu se aposentar e está sumida dos holofotes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A última novela

Rodrigo Veronese
Rodrigo Veronese e Renée de Vielmond em Paraíso Tropical (divulgação/Globo)

Os fãs de Renée de Vielmond celebraram o retorno da atriz às novelas em Paraíso Tropical. A doce e resignada Ana Luísa fez um enorme sucesso na época, tanto que sua participação na história foi estendida.

Na trama, ela é a dedicada esposa de Antenor Cavalcanti, o poderoso dono do Grupo Cavalcanti, que administra uma rede de hotéis. Ana Luísa é uma mulher forte que dedica sua vida ao marido e às causas sociais, que abraçou após a trágica perda de seu filho adolescente.

Leia mais

Além do trauma antigo, Ana Luísa enfrenta uma nova decepção quando descobre que seu marido mantém um caso com a advogada Fabiana (Maria Fernanda Cândido). Mas ela acaba dando a volta por cima ao encontrar um novo amor: o jovem Lucas (Rodrigo Veronese).

Ana Luísa deixaria a novela em definitivo ao decidir partir com o amado. No entanto, por conta do sucesso da personagem, o casal acaba retornando na reta final da história. Eles decidem adotar uma criança, dando uma nova chance à Ana Luísa de ser mãe.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Despedida

Carlos Augusto Strazzer e Renée de Vielmond em Moinhos de Vento
Carlos Augusto Strazzer e Renée de Vielmond em Moinhos de Vento (reprodução/Globo)

Paraíso Tropical marcou a volta de Renée de Vielmond às novelas depois de 12 anos. A estrela não era vista num folhetim desde Explode Coração (1995), trama de Gloria Perez na qual vivia Beth, uma mulher de meia idade que se apaixona por um jovem, Serginho (Rodrigo Santoro). Antes disso, sua presença na TV era mais constante e a atriz esteve em várias novelas e minisséries entre os anos 1970 e 1980 – como Moinhos de Vento (1983), recentemente resgatado pelo Globoplay.

Com seu retorno na trama de Gilberto Braga, havia a expectativa de que a atriz se tornaria uma presença mais constante nas novelas. Tanto que ela chegou a ser cotada para viver Virgínia em Três Irmãs (2009), trama das sete de Antonio Calmon. Porém, a escalação não se confirmou e a personagem ficou com Ana Rosa.

Em 2014, em entrevista a Patricia Kogut no jornal O Globo, a atriz falou sobre seu afastamento da telinha.

“Recebo inúmeros convites, mas nem sempre são personagens para os quais eu me sinta adequada e, além disso, trabalhar em TV exige suportar o ritmo industrial”, revelou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por onde anda Renée de Vielmond?

Renée de Vielmond
A atriz Renée de Viemond em 2018

Renée de Vielmond ficou tanto tempo sumida que o apresentador Faustão chegou a cometer uma gafe. Em 2016, durante o Domingão do Faustão, ele se referiu à atriz como se ela já tivesse morrido.

“Uma atriz extraordinária, inesquecível, falecida algum tempo atrás”, disparou o apresentador, que se corrigiu no bloco seguinte. “A Renée de Vielmond está mais viva do que nunca. Nós é que estamos com muita saudade dela, porque faz tempo que ela não aparece por aqui”, consertou o animador.

Em 2018, a atriz concedeu uma entrevista ao site 10 Minutos de Arte, na qual confirmou que está aposentada da televisão.

“Bom, eu encerrei o primeiro ato da minha vida e agora estou vivendo o segundo ato… Eu acho que tive bons momentos na minha carreira e aí eu fiz uma transição boa, eu acho, satisfatória da vida profissional para a aposentadoria e eu decidi parar, simples assim. Fiz uma boa escolha quando me aposentei”, considerou.

Longe dos holofotes, ela concluiu a faculdade de História na PUC – RJ. A atriz também se dedicou a cuidar do acervo de filmes e livros deixados por José Wilker (1944-2014), com quem foi casada entre 1976 e 1985 e teve a filha Mariana.

Whatsapp


Leia também