Quem é o amante secreto de Crô em Fina Estampa?

Um dos mistérios da novela Fina Estampa diz respeito ao amante secreto de Crô (Marcelo Serrado). O público fica curioso para saber quem é o homem misterioso que tem uma tatuagem de escorpião.



Quando todos esperavam que o segredo fosse revelado no final da novela, isso não aconteceu. No último capítulo de Fina Estampa, Crô, que fica milionário após o desaparecimento de Tereza Cristina, que é dada como morta, diz aos telespectadores que não vai contar quem é seu amante.

“Assim como o segredo de Perpétua, na novela Tieta, meu segredo também não será revelado para vocês”, diz ele, olhando para a câmera e frustrando o público.

Dias depois, ao participar o programa Encontro com Fátima Bernardes, o autor Aguinaldo Silva acabou desvendando o mistério. O amante de Crô, que todos pensavam ser Baltazar (Alexandre Nero), era, na verdade, Ferdinand (Carlos Machado).

“Na verdade, o amante do Crô era o dono da rede de vôlei, que acabou se tornando um dos grandes vilões da novela e eu achei que não pegava bem o Crô ter um amante que era um dos viloes”, declarou.

“As pessoas queriam muito que fosse o Baltazar, o motorista, mas ele era casado com a personagem da Dira Paes. Eu achava que seria uma coisa meio absurda existir aquela paixão entre marido e mulher e, ao mesmo tempo, ele ter um caso com o Crô”, enfatizou.

O autor também contou que ficou dias recluso, após o fim da novela, porque o público o cobrava. “Essa minha escolha teve uma repercussão péssima, o público não gostou. Fiquei dias sem sair de casa porque as pessoas me cobravam nas ruas”, concluiu.

O único ponto que nao bateu na revelação de Aguinaldo Silva é que, no derradeiro episódio da trama, Ferdinand foi eletrocutado por Tereza Cristina na banheira do motel. E Crô aparece com seu amado na cama, algumas cenas depois. Teria o vilão sobrevivido também?



Deixe sua opinião


Leia também