Quem é a vilã de A Favorita: Flora ou Donatela?

A Favorita, novela de 2008 que estreou nessa segunda (25) no Globoplay, marcou a estreia do autor João Emanuel Carneiro no horário das 21h, que inovou ao omitir do telespectador quem era a verdadeira vilã: Flora (Patrícia Pillar) ou Donatela (Claudia Raia).

Na história, as duas ex-amigas formavam a dupla sertaneja Faísca e Espoleta, que teve um fim quando Flora foi presa acusada de matar Marcelo Fontini (Flavio Tolezani), marido de Donatela.



Após 18 anos de reclusão, a loira deixa a prisão disposta a provar sua inocência colocando a culpa na ex-parceira e reencontrar sua filha Lara (Mariana Ximenes), fruto de seu relacionamento extraconjugal com Marcelo.

Do outro lado, Donatela teve uma vida de rainha na mansão dos Fontini, casada com Dódi (Murilo Benício) e criando a filha de Flora como se fosse sua ao lado dos avós Gonçalo (Mauro Mendonça) e Irene (Glória Menezes). Quando descobre que sua agora rival saiu da cadeia, ela não mede esforços para impedi-la a todo custo.



Durante três meses, A Favorita mostrou os dois lados da história. Até que no capítulo 56, em 5 de agosto de 2008, foi revelado ao público quem era a verdadeira assassina: Flora.

Em cena de flashback, foi revelado ao público que a loira discutiu com o amante Marcelo. Convencida de que o empresário amava Donatela, a personagem de Patricia Pillar atira e o mata.

A partir daí, o público fica sabendo quem é quem e a história toma outro rumo.



Leia também