Protagonistas de Flor do Caribe perderam feio para outro casal da novela

Whatsapp

Em toda novela é a mesma coisa: vários pares românticos são formados e as brigas e reconciliações acabam fazendo parte do enredo até o final da história, onde todos vivem felizes para sempre. Porém, não há dúvidas que em toda produção há também ao menos um par que se sobressai, podendo ser ou não o casal protagonista. Flor do Caribe não fugiu à regra e a dupla amorosa que mais se destacou foi formada por Juliano (Bruno Gissoni) e Natália (Daniela Escobar).

Na fase inicial da novela, Bruno Gissoni estava sem função. Porém, foi perceptível o aumento da participação do ator desde que o núcleo formado por Daniela Escobar, Tainá Muller (Ludmila) e Maria Joana (Carol) entrou na trama. Juliano logo se interessou pela matriarca da família e o envolvimento entre os dois não demorou muito para acontecer. O pescador se apaixonou pela bióloga e foi correspondido.

Leia mais

De início, havia um divertido jogo de gato e rato, onde Natália evitava o rapaz por se considerar muito velha e temer a reação das filhas. Após alguns conflitos, beijos, brigas, o casal acabou oficializando o namoro. Mas, graças ao retorno de Reinaldo, o ex-marido da bióloga, a relação ficou estremecida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aliás, a entrada de Marcos Winter foi enriquecedora para a trama do casal. E também foi inteligente colocá-lo como empresário de Cristal (Moro Anghileri), pois evitou deixar o personagem com a única função de atrapalhar o romance da ex. Romance esse que se mostrou o mais atraente da novela desde que foi iniciado. E com os rompimentos e as reconciliações, que algumas vezes apresentam uma certa dose de humor, não foi difícil perceber que a dupla estava se destacando cada vez mais.

Bruno Gissoni e Daniela Escobar tiveram uma grande sintonia em cena e talvez o fato da atriz ser amiga de longa data da mãe do rapaz, sendo considerada até um membro da família, tenha contribuído e muito para isso. O risco do casal não agradar era grande, afinal, Natália tinha duas filhas lindas e com a mesma idade do garoto. Nada impediria que o público rejeitasse a relação e torcesse para que o pescador ficasse com uma das meninas. Porém, a química entre Bruno e Daniela foi instantânea.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foi ótimo ver Daniela Escobar mostrando seu talento na pele de uma bem construída personagem. Isso depois de ter participado da maravilhosa A Vida da Gente, em 2011, após um longo tempo afastada das novelas – seu último papel fixo, até então, havia sido em América (2005). Já Bruno Gissoni foi outra grata revelação. Estreou na televisão convencendo na pele do protagonista Pedro em Malhação (2010), acabou fazendo parte do sucesso Avenida Brasil, vivendo o jogador Iran, e, em seguida, se destacou na novela das seis.

Flor do Caribe, infelizmente, perdeu o bom ritmo que teve no início. Nessa fase, a trama apresentou semanas boas e outras nem tanto; porém, o casal Juliano e Natália não chegou a ser afetado em nenhum momento por esses altos e baixos do folhetim de Walther Negrão. Todas as cenas dos artistas foram agradáveis de se ver e a atuação da dupla também ajudou na sintonia perfeita desse par.

Cassiano (Henri Castelli) e Ester (Grazi Massafera) formaram um bonito casal e os protagonistas também têm uma boa química, entretanto, perderam feio para o par formado por Bruno Gissoni e Daniela Escobar. O pescador e a bióloga, com muito mérito, conquistaram o posto de melhor casal da novela.



Leia também