Promessa da Globo sumiu das novelas há 23 anos: “Parei porque quis”

Whatsapp

Filha do casal de atores Betty Faria e Cláudio Marzo, Alexandra de Faria Marzo pisou em um palco pela primeira vez aos nove anos, quando participou do espetáculo Saltimbancos.

Alexandra Marzo

Ela chegou a iniciar a faculdade de Arqueologia, porém logo entrou para o curso de teatro na escola Tablado e, em seguida, foi estudar na Casa de Artes de Laranjeiras (CAL). Mas, engana-se quem acha que o fato de ser filha de pais famosos a influenciou na escolha da profissão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Me decidi na rua, fazendo cursos de teatro. No início, meus pais diziam que a vida de artista é um sofrimento, é muito complicado. E olha que eles são dois artistas de sucesso! Mas sempre deram a maior força”, disse a atriz ao O Globo, em janeiro de 1990.

Leia mais

Seu primeiro trabalho na TV foi na minissérie O Primo Basílio (1988). No mesmo ano, fez sua primeira novela, Fera Radical, de Walther Negrão, no papel da doce Betty.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Papéis de destaque

O Salvador da Pátria

No ano seguinte, esteve no ar em O Salvador da Pátria (1989), como Silvia. Depois viveu Giulia, em Top Model (1989), considerado pela atriz o papel de maior destaque em sua carreira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No folhetim, ela formou um triângulo amoroso com Lucas (Taumaturgo Ferreira) e a protagonista Duda (Malu Mader). Para compor a personagem, que morava em São Paulo, Alexandra teve que trocar o sotaque carioca pelo italiano-paulista cantado. Para isso, contou com a ajuda de uma fonoaudióloga.

Alexandra Marzo e seus pais

Em 1990, foi para o SBT, onde fez a novela Brasileiros e Brasileiras. Teve também uma passagem pela extinta TV Manchete, onde foi a apresentadora do programa de videoclipes Shock.

Em 1993, retornou para a Globo para atuar no remake de Mulheres de Areia, de Ivani Ribeiro. Ainda na emissora carioca, atuou em Incidente em Antares (1994) e Malhação (1995).

Longe da telinha

Alexandra Marzo

Em 1997, após um breve período longe da telinha, integrou o elenco de Mandacaru, na Rede Manchete.

Durante o período em que esteve afastada das novelas, a artista fez participações em produções da Globo, cursos de roteiro e direção e um estágio em edição de vídeos. Seu último trabalho na televisão foi uma participação na novela Suave Veneno, exibida pela Globo em 1999.

Alexandra tem atualmente 53 anos e, nos últimos tempos, se dedicou a um curso de roteiros na Academia Internacional de Cinema, em Botafogo, no Rio.

“Esse é o meu caminho daqui para frente”, afirmou à coluna de Patrícia Kogut, em março de 2016.

A artista afirmou que começou a se interessar por roteiros quando entrou em contato com histórias infantis.

“Tinha que ler para minha filha e acabei me apaixonando”, completou.

Sobre uma possível volta à profissão de atriz, Alexandra declarou que deixou a carreira de lado para se dedicar ao papel de mãe de Giulia.

“Já descartei essa possibilidade há muito tempo. Parei porque quis, não queria seguir mais naquela carreira”, concluiu.

Whatsapp


Leia também