Formato clonado e muitas confusões: programa que estreava em 1997 incomodou a Globo - TV História

Formato clonado e muitas confusões: programa que estreava em 1997 incomodou a Globo

Whatsapp

O programa Márcia estreava no SBT há exatamente 24 anos, em 29 de julho de 1997. Inicialmente, a atração era exibida uma vez por semana, nas noites de terça-feira, na faixa das 21h40. Depois, o horário de exibição foi alterado três vezes, indo ao ar às 20h50, às 18h e às 22h.

A apresentadora Márcia Goldschmidt se tornou famosa repentinamente, pois esta era sua primeira experiência em uma emissora grande. Antes de ser contratada por Silvio Santos, ela era dona de uma agência de casamento e apresentava um programa na Rede Mulher, que levava o nome de sua empresa: Happy End.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas chegar a esse posto não foi fácil: nada menos que 200 mulheres foram testadas, incluindo a repórter Magdalena Bonfiglioli, que fazia o Aqui Agora. Os pilotos foram gravados com a plateia do Programa Livre.

Baseado em atrações da TV norte-americana, Márcia trazia famílias resolvendo problemas de relacionamento no palco e, muitas vezes, se envolvendo em brigas físicas. O formato era inspirado em similares norte-americanos, como os famosos The Jerry Springer Show e Geraldo (este exibido pelo SBT nos anos 90, em versão dublada).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Porém, a principal inspiração do SBT foi o programa Ricki Lake, que levava o nome de sua apresentadora e foi transmitido em diversas emissoras dos EUA entre 1993 e 2005. O SBT aproveitou até os mínimos detalhes do show norte-americano, inclusive a sequência de abertura, que foi adaptada com Márcia.

Para que a adaptação, não-oficial, diga-se de passagem, fosse realizada de maneira competente, a emissora contratou o produtor norte-americano Albert Lewitinn, que trabalhou na equipe do original.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na época, Márcia afirmou que não queria ser comparada a Ricki Lake, dizendo que não tinha assistido ao programa da colega estrangeira para evitar qualquer tipo de influência.

Incomodou a Globo

Em sua melhor fase, Márcia deu 18 pontos de média no Ibope, com picos de 24, chegando a bater a Globo. No mês de abril de 1998, passou a ser exibido diariamente, na faixa das 20h30. O foco do programa mudou, indo da polêmica para o assistencialismo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nessa nova fase, a expectativa do SBT era conseguir algo similar ao fenômeno Ratinho Livre, que estava no seu auge, na Record. Mas o plano não deu certo e a emissora contratou o apresentador meses depois.

Márcia foi exibido pela última vez em 25 de agosto de 1998, poucos dias antes de Carlos Massa chegar ao canal. O motivo do cancelamento: o Programa do Ratinho teria um formato similar, incluindo discussões e brigas no palco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após perder seu programa, a apresentadora continuou no SBT, onde comandou o Programa Livre (1999) e o Fantasia (2000).

Nos anos 2000, Márcia Goldschmidt passou pela Gazeta e depois foi para a Band, onde apresentou programas como Hora da Verdade e Jogo da Vida. A apresentadora também lançou três livros, nos quais falava sobre relacionamentos.

Atualmente com 59 anos, Márcia está afastada da televisão brasileira e mora em Portugal.

Whatsapp


Leia também