Primeira Buba de Renascer não se arrependeu de romper com a Globo: “Estou feliz”

Saiba quem viveu a personagem na primeira versão da novela

Whatsapp

A atriz Gabriela Medeiros viverá Buba no remake de Renascer. Na nova versão da trama, a personagem será uma mulher transexual, assim como sua intérprete.

Gabriela Medeiros como Buba em Renascer
Gabriela Medeiros como Buba em Renascer (divulgação/Globo)

Na primeira versão, Buba foi interpretada por Maria Luisa Mendonça, que rompeu com a Globo muito antes da emissora pensar em iniciar seu novo modelo de contratos. A artista, que iniciou a carreira na televisão há 31 anos, justamente com a personagem intersexo de Renascer – na época, chamada de “hermafrodita” – , se destacou e esteve em dezenas de produções da Globo nos anos seguintes, chegando a emendar trabalhos.

Maria Luisa esteve em diversas novelas e minisséries. Entre as tramas, estão Explode Coração (1995), Corpo Dourado (1998), A Muralha (2000), Os Maias (2001), Um Só Coração (2004), Queridos Amigos (2008), Viver a Vida (2009), Além do Horizonte (2013), Segundo Sol (2018) e Verdades Secretas 2 (2021), entre outras.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quem foi a primeira Buba de Renascer?

Marco Ricca e Maria Luisa Mendonça em Renascer
Marco Ricca e Maria Luisa Mendonça em Renascer (Reprodução / Globo)

O começo em Renascer foi impactante, já que a personagem intersexo gerou um debate nacional. A atriz, que vinha do teatro, se mostrou bastante satisfeita com o papel.

Leia mais

“Eu tinha 23 anos e vinha do teatro. Foi um trabalho que me deixou muito feliz como atriz e um desafio enorme, principalmente pelo fato de eu ser uma mulher cis fazendo uma intersexual. Construí a Buba com muita humanidade. Me cerquei o máximo que podia de dados, pesquisei demais”, disse ela ao jornal O Globo no ano passado.

Maria Luisa também comentou sobre o fato de Buba ser transexual no remake e considerou um avanço a personagem ser vivida por Gabriela Medeiros, uma atriz que também é trans.

“Fiquei feliz em saber que desta vez será uma personagem trans com uma intérprete trans, que tem o lugar de fala. Isso é um grande avanço. Espero que a história seja abordada de uma forma com que ela possa se expressar de fato, e que as pessoas ouçam o que ela tem a dizer”, declarou.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Atriz rompeu com a Globo

Corpo Dourado - Maria Luisa Mendonça
Maria Luisa Mendonça como Amanda em Corpo Dourado ( Jorge Baumann / Globo)

Maria Luisa, no entanto, ousou numa época em que poderia ter muita estabilidade na Globo. Querendo participar de outros projetos, em 2005 ela rompeu fixo que tinha com a emissora para fazer a série Mandrake, da HBO.

“Rompi com a Globo há mais de dez anos e estou muito feliz”, afirmou a atriz em entrevista ao site Notícias da TV, em 2018.

A artista, que na época estava no elenco da novela Segundo Sol (2018) com um vínculo por obra certa, argumentou que tomou a decisão buscando mais liberdade de escolha.

“Fiz isso conscientemente. Estou lá [na Globo] neste momento, mas daqui a pouco estarei em outro lugar. Não vou julgar ninguém que está ali para sustentar os seus filhos. Mas isso é uma escolha que, num determinado momento da sua vida, é possível fazer. Isso é uma democracia, uma liberdade de escolha e não um aprisionamento”, pontuou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por onde anda Maria Luisa Mendonça?

Maria Luisa Mendonça em Renascer e em 2021

Aos 53 anos, atualmente Maria Luisa Mendonça concilia a carreira artística com os trabalhos do ateliê que mantém em São Paulo.

“Eu tenho o ateliê há três anos. Lá, faço trabalhos que conversam entre artes plásticas, cênicas e visuais”, contou ao jornal O Globo, em 2023.

O último trabalho da atriz na TV foi Verdades Secretas 2, em 2021. No ano passado, ela esteve no elenco do filme Meu Casulo de Drywall e gravou a série Americana, do Star+. Atualmente, ela está no ar no Viva, na reprise de Corpo Dourado (1998), trama em que interpreta Amanda.

Whatsapp


Leia também