Por onde anda Reginaldo Faria, o Maurice de Totalmente Demais?

Mais um grande nome da história da televisão brasileira, Reginaldo Figueira de Faria nasceu em 11 de junho de 1937, em Nova Friburgo (RJ).

Estreou na televisão em 1965, logo na primeira novela da Globo, Ilusões Perdidas. Na emissora, também esteve em Paixão de Outono e Um Rosto de Mulher.

Grandes papeis vieram a partir da segunda metade dos anos 1980, como em Dancin’ Days (1978), Pai Herói (1979), Água Viva (1980), Baila Comigo (1981), Elas por Elas (1982), Louco Amor (1983) e Transas e Caretas (1984).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Nos anos 1980, teve destaque em personagens como André Spina / Jacques Leclair, de Ti Ti Ti (1985), o inesquecível Marco Aurélio, de Vale Tudo (1988), e Ascânio, de Tieta (1989).

Na década seguinte, continuou se destacando em tramas como Vamp (1991), As Noivas de Copacabana (1992), Explode Coração (1995) e Força de um Desejo (1999).

Em 2002, viveu Leônicas em O Clone (2001), atualmente exibida pelo canal Viva.

Depois disso, participou de Celebridade (2003), Cabocla (2004), América (2005), Paraíso Tropical (2007), Beleza Pura (2008) e Paraíso (2009).

Nos últimos anos, tem feito participações menores, mas ainda marcantes, como em Império (2014) e Totalmente Demais (2015), quando viveu Maurice.

Depois de participar de Espelho da Vida (2018), está confirmado no elenco de Um Lugar ao Sol, novela das nove que a Globo deverá produzir em 2021. Atualmente com 82 anos, ele viverá o personagem Fausto.



Leia também