Por onde anda Nicola Siri, o Padre Pedro de Mulheres Apaixonadas? - TV História

Por onde anda Nicola Siri, o Padre Pedro de Mulheres Apaixonadas?

Whatsapp

Antes de ser ator, o cinquentão italiano Nicola Siri foi comentarista de futebol. Ainda na Itália, viveu mais de 40 personagens, entre novelas, peças e séries.

Em 2002, desembarcou no Brasil e logo foi convidado para atuar em Mulheres Apaixonadas (2003), vivendo o padre Pedro Vicenza, até hoje lembrado por fãs, que pedem “benção” ao ator quando encontrado na rua.

O que era para ser apenas um trabalho, fez Nicola se mudar de vez para o País e não parar mais de atuar.

São inúmeros filmes e séries em seu currículo, como Sob Nova Direção (Globo-2003) e Mandrake (HBO Brasil-2004), entre outros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


No SBT, fez a novela Os Ricos Também Choram (2005). Desde 2006, o ator tem vivido uma duradoura parceria com a Record, onde atuou em Vidas Opostas (2006), Amor e Intrigas (2007), Poder Paralelo (2009), Máscaras (2012) e Jesus (2018), interpretando Pôncio Pilatos, mandante da crucificação de Jesus.

Ainda na emissora, participou das séries Avassaladoras (2006), Milagres de Jesus (2014) e Sem Volta (2017).

Já na Rede Globo, fez Belíssima (2005), Império (2014), Totalmente Demais (2016) e participou do remake de Éramos Seis (2019).

Casado com a brasileira Julia Schnoor, Nicola tem um casal de filhos, Maia e Iago, que tem ocupado os dias do ator em meio à pandemia do novo coronavírus.

Cumprindo rigorosamente o isolamento, Nicola relata com tristeza o terror vivido pela Itália, seu país natal, e diz estar com saudade de jogar uma pelada com os amigos.



Leia também