Por onde anda Gérson Brenner, que foi baleado no auge da carreira e teve sequelas

Gérson dos Santos Oliveira nasceu em 22 de dezembro de 1959, na capital paulista. Estudou economia e comunicação social nos anos 1980, sem concluir os cursos. Ainda nessa década, começou a trabalhar como modelo e fez peças de teatro.

Estreou na televisão numa participação em Kananga do Japão (1989), na Manchete. Também esteve em Top Model (1989), da Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Depois disso, veio seu primeiro papel de destaque – o Gerson, filho de Dona Armênia, em Rainha da Sucata (1990). O mesmo papel foi feito novamente em Deus nos Acuda (1992).

Ainda participou de Olho no Olho (1993), Tocaia Grande (1995), Vira Lata (1996), O Olho da Terra (1997) e Por Amor e Ódio (1997).

Em 1998, quando o ator vivia Jorginho em Corpo Dourado, sua carreira de ator foi tragicamente interrompida.

Ele viajava de São Paulo para o Rio de Janeiro e foi vítima de uma armadilha feita por criminosos na Rodovia Ayrton Senna. Ao parar para trocar o pneu do carro, foi baleado na cabeça pelos assaltantes.

Gerson passou meses em coma e sofreu diversas sequelas, incluindo distúrbios na fala, na motricidade e na capacidade cognitiva. Ele está em tratamento até hoje, confinado a uma cadeira de rodas.

Em dezembro de 2019, Gerson completou 60 anos e curtiu o dia ao lado da família, de quem recebe muito carinho. Antes disso, em outubro, ele passou 40 dias internado, com problemas de sono.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


“Quem acompanha minha história e a do meu pai sabem o quão difícil é desde sempre. Tem que ter muito amor e força para resistir. E o aprendizado é diário. Valorizem seus pais, ‘são crianças como você'”, escreveu a filha dele Anna Luísa, em seu perfil no Facebook.

“Não tenham vergonha de expressar carinho e afeto, de dizer o quanto amam. Posso falar por experiência própria, que hoje, é muito mais importante falar do que ouvir. Feliz aniversário, pai! Te amo!”, completou.



Leia também