Polêmica nos bastidores: Regina Duarte chamou seguranças para intimidar equipe da CNN Brasil

Whatsapp

Além de toda a repercussão negativa junto à crítica e boa parte do público, a desastrosa entrevista de Regina Duarte, secretária especial de Cultura do governo Jair Bolsonaro, à CNN Brasil, nesta quinta (7), teve alguns fatos que agitaram os bastidores.

De acordo com o colunista Leo Dias, do UOL, a atriz chamou seguranças para tentar coagir a equipe do canal.

Assessores e seguranças da Secretaria Especial de Cultura chegaram a entrar no gabinete onde acontecia a conversa com o jornalista Daniel Adjuto.

Leia mais



Nos momentos finais da participação, a voz de um dos membros de sua equipe chegou a vazar no ar. “Falta de respeito”, bradou um homem que não foi visto no vídeo.

Leo Dias apurou que os profissionais da CNN Brasil ficaram perplexos com o comportamento de Regina Duarte, já que, desde o início, ela estava ciente de que sua participação contaria com as presenças de Reinaldo Gottino e Daniela Lima, diretamente de São Paulo (SP).

A CNN Brasil também enviou um comunicado lamentou o fato.



Confira a nota:

“A CNN Brasil esclarece que a Secretária de Cultura, Regina Duarte, interrompeu a entrevista exclusiva concedida ao âncora Daniel Adjuto no final da tarde de hoje, dia 7, no programa 360º.

A interrupção aconteceu quando foi exibido um depoimento da atriz Maitê Proença, solicitado pelo canal no início da tarde de hoje, para debater as questões do setor cultural no Brasil.

A Secretária entendeu que o vídeo de Maitê se tratava de uma gravação antiga e decidiu encerrar sua participação. A CNN lamenta o episódio e reafirma seu compromisso de sempre ouvir todos os lados para informar melhor o País”.



Whatsapp


Leia também