Você pode não se lembrar, mas essas pessoas trabalharam na Band

1 – Galvão Bueno

O narrador trabalhou na Band entre 1977 e 1981, narrando jogos de futebol, basquete e corridas de Fórmula 1 – a emissora exibiu o campeonato de 1980 com exclusividade. Em 1981, seguiu para a Globo.

2 – Hebe Camargo

Hebe teve um programa semanal na Band entre 1979 e 1985, no estilo das atrações que sempre comandou. Em 1986, foi para o SBT.

3 – William Bonner

Após se formar na USP, ingressou na Bandeirantes em 1985, atuando como locutor e apresentador. Mas não por muito tempo: em junho de 1986, seguiu para a Globo, onde passou a apresentar a extinta terceira edição do SPTV, no fim da noite (foto).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


4 – Carlos Alberto de Nóbrega

Outro que ficou pouco tempo na casa. O apresentador deixou a Globo e ingressou na Band, estreando a Praça Brasil em 27 de março de 1987. Apesar da boa audiência, ele foi seduzido por uma excelente proposta de Silvio Santos e mudou-se para o SBT em 10 de abril do mesmo ano para comandar um novo humorístico: A Praça é Nossa. O resto da história você já conhece…

5 – Chico Pinheiro

Chico Pinheiro veio de Minas Gerais para a Band no final de 1989. Na emissora, apresentou o Jornal Bandeirantes (atual Jornal da Band), Jornal da Noite, Jornal de Domingo e Canal Livre. Em 1995, seguiu para a Record.

6 – Daniel Filho

O diretor e ator deixou a Globo para comandar um game-show na Band. O Melhor de Todos era exibido de segunda a sexta, no fim da tarde, ficando no ar entre 12 de dezembro de 1994 e 8 de dezembro de 1995.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


7 – Zé do Caixão

O cineasta José Mojica Marins passou duas vezes pela emissora. Entre 1967 e 1968, estrelou a série Além, Muito Além do Além. Já na metade dos anos 1990, apresentou filmes de terror na sessão vespertina Cine Trash.

8 – Marta Suplicy

A política e sexóloga teve um programa na Band em 1999 – era o Jogo Aberto com Marta Suplicy, exibido nas noites de sábado. A atração estreou no dia 7 de agosto e ficou pouco tempo no ar. Marta foi eleita prefeita de São Paulo em 2000.



Leia também