Perda de apresentadora para a Globo pode ser golpe fatal no SBT

Whatsapp

Dyego Terra

Nesta semana, a possível saída de Eliana do SBT voltou a dominar a imprensa. Houve quem afirmasse que a apresentadora já havia fechado contrato com a Globo, estando de malas prontas para deixar o canal de Silvio Santos. A própria artista veio a público desmentir a fofoca.

Silvio Santos e Patricia Abravanel

Se pararmos para refletir, a transferência para a concorrência cairia como uma bomba na casa atual. A emissora, certamente, ficaria perdida com a substituição de uma de suas maiores estrelas. É que o SBT padece com dois problemas: o esvaziamento e o mau aproveitamento dos contratados.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As herdeiras de Silvio Santos

Rebeca Abravanel

O SBT, além de perder nomes importantes nos últimos tempos – sem contar com peças de reposição –, possui figuras interessantes, mas em funções totalmente equivocadas, aquém de tudo que podem e devem oferecer à rede.

A escolha natural para a vaga de Eliana nos domingos é Patricia Abravanel, mas a filha n°4 já está no comando do Programa Silvio Santos, substituindo o pai, cada vez mais distante da telinha.

Patricia até poderia trocar de posto com uma das irmãs. Mas Rebeca Abravanel, a única com carisma para tal, não vive mais no Brasil. E Silvia Abravanel não demonstra carisma e cacife para um dominical…

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pratas da casa

Otaviano Costa

O contratado mais recente do SBT, Otaviano Costa, apresentou um reality de curta temporada. Ele, certamente, seria uma aposta interessante para o fim de semana. A atração, porém, teria de recomeçar do zero. É fato que, se fomos pensar que o programa leva até nome de Eliana, o mesmo teria de ser todo extinto. E criar algo novo, a partir de Costa, parece um bom recurso…

Já o veterano Ratinho poderia tomar o caminho popular que consagrou Chacrinha e o próprio Silvio. A atração diária, que bagunça a linha de shows, já não rende como antes no quesito audiência. Uma transferência para os domingos obrigaria o SBT a reformular a grade noturna, que há tempos padece com constantes reprises de novelas infantis e programas empurrados para altas horas da madrugada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vamos às compras?

Power Couple 2022

Outra solução pode estar no mercado. É difícil achar alguém a altura de Eliana: nome em alta, bom faturamento e imagem facilmente assimilada pelo espectador do SBT, capaz de disputar a vice-liderança com a Record. A procura não seria tão fácil…

Adriane Galisteu é uma boa candidata. Mas a artista está no comando dos realities A Fazenda e Power Couple Brasil na principal concorrente, não estando livre para fechar acordo com o canal da Anhanguera.

Diferente de Angélica, que deixou a Globo há tempos e segue sem contrato com a TV aberta, além de fazer alusão a Eliana, já que foi apresentadora infantil e também passou pela emissora de Silvio Santos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Formato consagrado

Eliana

O fato é o programa Eliana representa um padrão bem consolidado. É a primeira opção do horário quando alguém pensa no domingo. Talvez isso explique os bons resultados, mesmo com a concorrência forte e com pautas fracas e repetitivas.

Perder Eliana hoje representa não só a ameaça de deixar a vice-liderança, como também o fim da imagem solidificada da produção com os domingos.

Por mais que o SBT consiga um nome arrebatador, ou até mesmo inimaginável, os efeitos da saída de Eliana seriam catastróficos a curto prazo, uma vez que criar uma nova atração, com outro comandante, demandaria tempo.

A suposta partida de Eliana traz à tona a falta de grandes estrelas. Se formos pensar bem, atualmente, a emissora conta apenas com Celso Portiolli, Ratinho e Carlos Alberto de Nóbrega, além de Patrícia Abravanel.

Um problema crônico, fruto da má administração escancarada na falta de projetos sérios e de estratégias bem definidas junto ao mercado e ao público.

Whatsapp


Leia também