Pedido de autora obrigou estrela a deixar novela da Globo pela metade

Whatsapp

Em 2008, Juliana Paes passou por uma situação curiosa na sua carreira. Integrando o elenco da novela A Favorita, a atriz já estava nos planos de Glória Perez para atuar em Caminho das Índias, produção que iria suceder a trama de João Emanuel Carneiro.

A Favorita

Na trama policial, Juliana Paes interpretava a jornalista Maíra, uma mulher de alma livre, solteira, provocadora e inquieta. Era colega de profissão do charmoso Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia) no jornal O Paulistano.

Ela dizia que gostava de ser solteira, no entanto ressaltava que largaria tudo para se casar, principalmente se fosse com seu ídolo, o cantor Augusto César (José Mayer), por quem era perdidamente apaixonada.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Convite

Caminho das Índias

A trama da personagem estava ainda em desenvolvimento quando saiu na mídia que Glória a desejava como a protagonista de sua nova novela. Na coletiva de imprensa da estreia de A Favorita, ao ser questionada sobre o assunto, a artista comentou o assunto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Não me sinto a favorita de ninguém, batalhei muito por isso. Mas a decisão não cabe a mim, e sim a diretoria da Globo. Não sei se vão me liberar da novela para isso e também não falei com a Glória. Só sei que fiquei muito feliz com esse convite”, disse ela ao Ego em maio de 2018.

A artista também ressaltou que, naquele momento, queria apenas desempenhar bem seu papel na trama que estava em andamento e que atualmente está sendo reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo.

Gloria Perez

Além disso a atriz se encontrava envolvida nos preparativos do seu casamento com o empresário Carlos Eduardo Baptista, com quem segue até hoje.

Glória bateu o pé e deixou claro que queria Juliana como a mocinha de seu folhetim. A autora foi até a direção da emissora e pediu que a atriz fosse liberada, conseguindo seu objetivo. A prática, que era comum nos anos 1970, estava cada vez mais em desuso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Morte de Maíra

A Favorita

Com isso, todos queriam saber qual seria o destino da personagem. A saída mais óbvia, e que se concretizou, foi a sua eliminação. A princípio, foi divulgado que Donatela (Claudia Raia) seria a assassina de Maíra, o que acabou não acontecendo.

A jornalista acabou sofrendo uma queima de arquivo por saber demais. Ela, que nesta altura da história já estava tendo um relacionamento com o cantor Augusto César, termina tudo com ele. Depois, acaba descobrindo que foi Flora quem assassinou o Doutor Salvatore (Walmor Chagas) e que incriminou Donatela, que acabou sendo presa injustamente. A garota chega ao local do crime e, ao tentar convencer uma testemunha a depor contra a vilã, acaba sendo atacada por Dodi (Murilo Benício).

Caminho das Índias

Maíra tenta fugir do amante de Flora, mas acaba sendo atropelada, sendo levada em estado grave para um hospital. A megera, já estando a par de toda a situação, vai ao hospital onde ela está, se disfarça de enfermeira e desliga os aparelhos que a mantêm viva, causando a morte da repórter.

A cena da morte da personagem foi ao ar originalmente no capítulo 70, exibido no dia 23 de agosto de 2008.

A artista, enquanto estava gravando as cenas do fim de sua personagem em A Favorita, já havia iniciado o laboratório para viver a operadora de telemarketing indiana Maya, a protagonista de Caminho das Índias, que estreou em 19 de janeiro de 2009.

Whatsapp


Leia também