Onde foi gravada a novela Mulheres Apaixonadas? - TV História

Onde foi gravada a novela Mulheres Apaixonadas?

Whatsapp

Como todas as novelas de Manoel Carlos, Mulheres Apaixonadas tem a maioria de suas cenas no bairro do Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro (RJ). Dessa forma, a Globo não construiu uma cidade cenográfica específica para a trama – foram montados seis mil metros quadrados de cenários no Projac.

De acordo com o diretor Ricardo Waddington, em entrevista concedida em 2003, em uma obra realista e contemporânea não é preciso montar uma cidade cenográfica, já que existe uma cidade de verdade para gravar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


“Como nas outras novelas de Manoel Carlos, o telespectador poderá ver as belezas naturais e históricas do Rio de Janeiro interagindo na trama. Vamos gravar em muitos bairros da Zona Sul e Zona Oeste. Pode ser que precisemos, para agilizar as gravações, construir sets cenográficos: para não termos que deslocar uma equipe para uma externa, fora da Central Globo de Produção, montamos uma rua ou um edifício com características próprias do local onde se passa a cena”, explicou.

“A novela tem mais locações externas do que o usual, o dobro de personagens e figurinos e cerca de seis mil metros quadrados de cenários no estúdio. Tudo para que os personagens realmente comprem pão na esquina e frequentem todos os cômodos de suas casas”, completou.

Locações

Cenas de Cláudio (Erik Marmo) e Edwiges (Carolina Dieckmann), por exemplo, foram gravadas na rampa de salto para asa-delta na Pedra Bonita, Pedra da Gávea e praia do Pepino, em São Conrado.

O Edifício P. Wrobel, onde vive boa parte das famílias da novela existe, não com o nome usado na produção, evidentemente. Ele fica na quadra da praia de uma rua transversal do Leblon. Trata-se de uma edificação de alto luxo, com um apartamento por andar e uma cobertura duplex.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O Hotel Praia do Leblon, dirigido por Rafael (Cláudio Marzo), teve suas cenas de fachada gravadas no Hotel Marina. Bar do hotel, o Nick Bar, onde trabalha Téo (Tony Ramos), é cenográfico.

Já a famosa cena do tiroteiro onde Téo e Fernanda (Vanessa Gerbelli) foram atingidos por balas perdidas durante um assalto, foi gravada na rua Dias Ferreira, também no Leblon. Os trabalhos foram realizados das 10h às 17h30 em 4 de agosto de 2003, contando com a presença de 400 pessoas da equipe da Globo, incluindo os artistas, e atraindo mais de 1500 curiosos que acompanharam todo o processo.



Leia também