O que passava na TV há 20 anos, quando estreou Laços de Família

Trama escrita por Manoel Carlos e estrelada por Vera Fischer, Carolina Dieckmann e Reynaldo Gianecchini, Laços de Família estreou na Globo no dia 5 de junho de 2000, portanto há 20 anos. Ainda era chamada de novela das oito, já que começava às 20h50 (e ainda tinha horário político às 20h30).



Confira o que mais podia ser assistido naquele dia:

Globo

Na Globo, a manhã inteira era dominada pelo Angel Mix, de Angélica.

O Mais Você tinha poucos meses de vida e começava às 13h55, logo depois do Vídeo Show. O programa patinava no Ibope neste horário.

O Vale a Pena Ver de Novo exibia Tropicaliente (1994).



A novela das seis da época era Esplendor.

A novela das sete? Era Uga Uga, com as aventuras do Tatuapu (Cláudio Heinrich).

O Jornal Nacional era apresentado por William Bonner e Fátima Bernardes. O novo cenário do JN havia estreado meses antes.

Logo após Laços de Família, a Tela Quente exibia O Professor Aloprado, com Eddie Murphy.



SBT

Às 12h30, o destaque era a série Blossom.

Chaves, em dois horários, e Chapolin estavam lá, evidentemente.

O SBT exibia o Cinema em Casa todos os dias, na parte da tarde. No dia da estreia de Laços de Família, era exibido o filme O Saco de Pancadas.

Às 18h, tinha o Disney Club.



E, em seguida, a primeira versão de Chiquititas.

Na faixa das 20h, era vez da novela mexicana A Mentira.

Logo depois do Programa do Ratinho, às 22h, Silvio Santos chegava com o Show do Milhão.



Em seguida, o tradicional horário da primeira-dama da televisão brasileira: Hebe.

Record

Na parte da manhã, a emissora exibia o programa infantil Eliana & Alegria.



Às 14h40, chegava o Note e Anote, com Cátia Fonseca, que ia até 17h45.

O Cidade Alerta já estava na grade e tinha duas edições, com José Luiz Datena.

O Jornal da Record tinha apresentação de Boris Casoy.

Além da novela nacional Marcas da Paixão, neste dia 5 de junho a Record se rendeu às novelas mexicanas e estreava Olhar de Mulher, da TV Azteca.



Band

Na parte da manhã, quem comandava a grade era o programa de Olga Bongiovanni.

Às 15h, era a vez de Dragon Ball Z.

Já às 17h15, era hora do tradicional programa de Silvia Poppovic.

Às 20h50, no mesmo horário da novela, era exibido o programa O+, com Otaviano Costa, sucessor do H, de Luciano Huck.



RedeTV!

A novata apresentava séries antigas, como A Feiticeira e Jeannie é um Gênio.

O Superpop, às 22h20, era comandado por Adriane Galisteu.

Nas noites de segunda, às 23h20, João Kleber chegava com o Te Vi na TV.

No mesmo dia da estreia de Laços de Família, Marília Gabriela iniciava na RedeTV! seu programa diário de entrevistas Gabi.



Leia também