Doença incurável e mais: o destino dos galãs de novela que estreava há 30 anos

Whatsapp

Novela de Walther Negrão, Despedida de Solteiro fez sucesso no horário das seis da Globo entre 1º de junho de 1992 e 29 de janeiro de 1993.

Despedida de Solteiro

A trama, que estreava há 30 anos, tinha um quarteto de galãs que chamou a atenção do público: Pedro (Paulo Gorgulho), João Marcos (Felipe Camargo), Paschoal (Eduardo Galvão) e, principalmente, Xampu (João Vitti), que morreu no início da trama.

Mas por onde andam esses artistas que fizeram muito sucesso na época? Um deles já nos deixou, enquanto outros alternaram períodos de sumiço da telinha.

Leia mais

Confira:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Felipe Camargo

Felipe Camargo

Galã dos anos 1980, Felipe Camargo já era bastante conhecido quando fez Despedida de Solteiro, vindo de tramas como Anos Dourados, Roda de Fogo, Mandala e O Sexo dos Anjos.

Então casado com Vera Fischer, com quem teve um conturbado relacionamento até 1994, o ator ficou alguns anos sem papeis de destaque, mas foi retomando a carreira aos poucos.

Atualmente com 61 anos, participou, nos últimos anos, de Paixões Proibidas, Amor Eterno Amor, Sangue Bom, Além do Tempo, Novo Mundo e Espelho da Vida.

Em 2020, esteve no elenco da série Todas as Mulheres do Mundo, do Globoplay, sua última presença na telinha até o momento.

Recentemente, o ator revelou que tem enfrentado uma dura batalha contra a adicção. Trata-se de uma doença incurável e que é associada ao consumo de drogas e álcool, mas também pode estar relacionada a outras compulsões ou dependência psicológica, seja por sexo, comida, jogos, etc.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

João Vitti

João Vitti e Valéria Alencar

Atualmente com 54 anos, o ator fez em Despedida de Solteiro seu primeiro personagem de destaque na televisão – antes, havia feito apenas pequenas participações. Com o sucesso de Xampu, ele virou campeão de cartas da Globo durante todo o ano de 1992, recebendo milhares de correspondências de todo o Brasil.

Depois da novela, fez outras tramas, como De Corpo e Alma, Éramos Seis, O Cravo e a Rosa, Essas Mulheres e, mais recentemente, uma participação em Sol Nascente (2016).

Até hoje, João é lembrado por Xampu; em 2019, participou do Super Chef Celebridades, do Mais Você. Em 2021, esteve em Detetives do Prédio Azul.

Casado com a atriz Valéria Alencar, é pai do também ator Rafael Vitti. No ano passado, João se tornou avô, com o nascimento de Clara, a primeira filha de Rafael e sua esposa, Tatá Werneck.

Durante alguns períodos de vacas magras, quando ficou sem papeis na televisão, o ator disse que manteve seus ganhos fazendo pão.

Recentemente, fez uma participação afetiva em Além da Ilusão, atual novela das seis da Globo, contracenando com Rafael.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Paulo Gorgulho

Paulo Gorgulho

Paulo Gorgulho estourou em Pantanal (1990), na Manchete, quando viveu o jovem José Leôncio na primeira fase e José Lucas na segunda fase. Foi para a Globo em 1991, participando de O Dono do Mundo.

Depois esteve em Despedida de Solteiro, Fera Ferida, Explode Coração, Quem é Você, Zazá e muitas outras tramas.

Nos últimos anos, fez novelas na Record, como Poder Paralelo, Os Dez Mandamentos, Belaventura, Apocalipse e Jesus.

Atualmente com 63 anos, esteve no elenco da série Segunda Chamada, da Globo, como o professor Jacinto Couto, o Jaci, e fez uma participação especial na primeira fase do remake de Pantanal.

Eduardo Galvão

Eduardo Galvão

O ator teve em Despedida de Solteiro seu primeiro papel de destaque – foi apenas sua terceira novela. Depois disso, esteve em tramas como A Viagem, Porto dos Milagres, O Clone, O Beijo do Vampiro e Começar de Novo, entre outras.

Também teve papeis em Em Família, Malhação: Seu Lugar no Mundo e Sol Nascente, da Globo, e em Apocalipse, da Record.

Galvão morreu em 7 de dezembro de 2020, aos 58 anos, vítima da Covid-19. Sua última novela foi Bom Sucesso, em 2019.



Leia também