Nova onda de cortes: Globo demite repórteres e diretora de novelas

Nova onda de cortes: Globo demite repórteres e diretora de novelas

Whatsapp

Após dispensar conhecidos nomes de seu elenco no ano passado, a Globo está fazendo uma nova onda de corte de custos. Nos últimos dias, diversos profissionais foram dispensados, muitos deles ligados ao departamento de jornalismo.

Na semana passada, foram demitidos os repórteres Fernando Saraiva e Roberto Paiva e o produtor especial Robinson Cerântula. Em comum, todos tinham mais de 20 anos de casa e ganhavam altos salários.

Nesta quinta (07), dois experientes jornalistas foram dispensados: Alberto Gaspar (foto acima), há quase 40 anos na emissora, e Ari Peixoto, contratado em 1987. Gaspar, inclusive, completará 64 anos no próximo dia 13.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Fui ‘desligado’ (essa é a palavra) hoje da TV Globo. Cheguei para trabalhar e fui chamado à sala do diretor, que em minutos me informou da minha demissão”, contou Peixoto (foto abaixo) ao site Notícias da TV.

“Pretendo continuar fazendo o que gosto, e há várias maneiras, para isso. Só não topo qualquer negócio, no mau sentido da expressão. Isso, quem me conhece, já sabe. Tudo pode mudar. A ética da profissão que me deu tanto, na vida, não”, disse Gaspar ao mesmo veículo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quem também vai deixar a Globo no final deste mês é a diretora de núcleo Denise Saraceni (foto abaixo). Ela trabalha na emissora há 43 anos e foi responsável por novelas como Da Cor do Pecado, Belíssima e Cheias de Charme, entre outras.

Segundo a emissora, a decisão de não renovar o contrato foi tomada em comum acordo e a diretora, atualmente com 67 anos, poderá fazer trabalhos por obra.

Além dos profissionais citados, valem lembrar que dezenas deixaram a emissora desde o ano passado, como Renato Aragão, Antônio Fagundes, Vera Fischer, Stênio Garcia, Renato Aragão, Débora Nascimento, José Loreto, Malu Mader e Glória Menezes, entre muitos outros.



Leia também