Não é reprise: Marcílio Moraes disponibilizou o roteiro do capítulo faltante de Roda de Fogo - TV História

Não é reprise: Marcílio Moraes disponibilizou o roteiro do capítulo faltante de Roda de Fogo

Whatsapp

Um dos mistérios que vem tirando o sono de muitos noveleiros inveterados parece entrecho de novela: por que, afinal, está faltando no Globoplay o capítulo 90 de Roda de Fogo (originalmente exibido em 8 de dezembro de 1986)? Na plataforma streaming foi colocado um anúncio entre os capítulos 89 e 91 avisando que “não foi possível recuperar o capítulo 90”.

Ao dar play no capítulo 91, aparece a seguinte tela, antes de iniciar o capítulo:

Muitas especulações e teorias já pipocam na internet. Fala-se até de reprise: de que o Globoplay tenha informado que o capítulo faltante era uma reprise do capítulo anterior. O que não é verdade, afinal, capítulo de reprise não é numerado. Dê o play nos capítulos 89 e 91 e comprove que eles estão numerados. Ou seja, o 90 não veio mesmo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Pois chega a confirmação de que a informação da reprise não procede. Marcílio Moraes, coautor da novela (a escreveu com Lauro César Muniz) encontrou o roteiro do tal capítulo, conforme anunciou em seu blog pessoal:

Dizem que o Globoplay perdeu o capítulo 90 da novela. Como o tenho nos meus arquivos, disponibilizo aqui, para quem se interessar.”

Clique AQUI e leia o roteiro.

É um capítulo qualquer, digo, sem nada de excepcional que justificasse, por exemplo, uma possível perda proposital. Falo em “perda proposital” porque já aconteceu de a Globo propositalmente apagar um determinado capítulo de novela por causa de seu conteúdo – como em Coração Alado (em 1980-1981) em que foram apagados um capítulo com uma cena de estupro e outro com uma cena de masturbação feminina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Condições não favoráveis de preservação podem ter acarretado a tal perda do capítulo 90. Ou mesmo algum erro humano. Isso pode acontecer. Recentemente, outra novela do Globoplay, O Bem-Amado (de 1973), também apresentou problemas técnicos em determinado capítulo, o que fez com que o Globoplay providenciasse uma edição especial.

E não se iludam: se aconteceu com Roda de Fogo, essa “perda” pode facilmente ter acometido muitos outros títulos do acervo da Globo, principalmente quanto mais antiga for a novela.

É chato faltar algum capítulo? Chatíssimo! É lamentável. Porém, mesmo que faltassem três, cinco capítulos de Roda de Fogo, ainda assim seria motivo para celebrar o retorno da novela, uma das melhores já produzidas para a televisão. Ainda assim seria motivo para celebrar qualquer novela do acervo da Globo no Globoplay.

Que problemas técnicos – ou humanos – não sejam empecilho para o Globoplay trazer de volta pérolas dos arquivos da Globo. Eu estou acompanhando e me deliciando com Roda de Fogo e recomendo fortemente. Mesmo sem o capítulo 90.

SOBRE O AUTOR
Desde criança, Nilson Xavier é um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: no ano de 2000, lançou o site Teledramaturgia, cuja repercussão o levou a publicar, em 2007, o Almanaque da Telenovela Brasileira.

SOBRE A COLUNA
Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.



Leia também