Musa de A Praça é Nossa virou funcionária pública: “Estudei muito”

Whatsapp

No ar há 35 anos, A Praça é Nossa teve várias musas em seu elenco. Entre elas, Edna Velho, que fez parte do humorístico por muitos anos.

A Praça é Nossa

Natural de Niterói (RJ), Edna Rosangela Dias Velho começou a sua carreira como modelo, participando de desfiles e ensaios fotográficos. Além da formação em Letras, ela estudou Teatro e integrou a Oficina de Atores da Globo. Nos anos 1980, Edna fez parte dos principais humorísticos da emissora, como Viva o Gordo, de Jô Soares, e Os Trapalhões.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A atriz também integrou o episódio Garota da Capa, do Caso Especial, exibido em 1988. O programa causou polêmica por unir depoimentos de modelos que haviam posados nuas, como ela, à ficção – a partir do suicídio de um marido ciumento (Sylvio Pozatto) ao descobrir que a esposa (Edna Velho) foi eleita musa de uma publicação do gênero.

Leia mais

Já na Manchete, a artista esteve no Domingo de Graça, ao lado de Costinha e outros humoristas. Foi no SBT, porém, que ela atingiu o auge de sua carreira como atriz.

Rival de Vera Verão

A Praça é Nossa

No início dos anos 1990, Edna foi contratada para trabalhar na Praça é Nossa. Um dos quadros memoráveis dos quais ela fez parte foi o de Vera Verão, ao lado de seu amigo pessoal Jorge Lafond. Ela sempre provocava Vera, causando uma enorme briga no palco.

Já com Roni Rios – o inesquecível intérprete da Velha Surda –, ela interpretou Fifa, sempre interessada em namorar com o velho Philadelpho.

“‘A Praça’ é um dos programas de maior importância da TV brasileira. Carlos Alberto de Nóbrega cuida desse programa com tanto carinho, além de um elenco que fez e continua fazendo história”, ressaltou a atriz em entrevista ao portal Notícias da TV, em 2020.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mãe em tempo integral

Ela ficou na atração até 2003, quando foi dispensada por conta de reformulações no formato:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Houve um momento da minha vida em que eu engravidei [2001] e a minha prioridade era o meu filho, já não tinha mais tanto espaço pra me dedicar à televisão. Foi uma coisa que acabou batendo. Eu saí do SBT pela necessidade da emissora de fazer um ajuste de elenco. Tenho lembranças boas da ‘Praça’ e do Carlos Alberto de Nóbrega”.

Depois de uma breve passagem pelo Boa Noite Brasil, da Band, Edna Velho decidiu deixar a televisão e cuidar de seu filho – do relacionamento com ex-jogador, hoje senador, Romário.

“A saída da TV aconteceu por uma questão pessoal. Eu tinha necessidade de me dedicar mais ao meu filho, que tinha problemas de fala quando era pequeno. A gente precisava muito de dedicação, de psicólogo, de fonoaudiólogo. Foi uma opção me dedicar ao meu filho”, revelou.

Funcionária pública

Edna Velho

Edna foi à luta, estudou e foi aprovada em um concurso público para trabalhar no Banco Central, em Brasília. Desde 2013, ela mora na capital. A atriz também formou-se em Gestão Pública e fez pós-graduação em Gestão de Marketing.

“Nesse tempo de ficar mais em casa, a gente não consegue ficar parada. Estudei muito, além de ter me graduado e pós-graduado. Fiz o concurso do Banco Central, passei em décimo lugar para especialista técnica”, conta ela, atualmente, funcionária pública.

Mesmo longe da TV, Edna Velho não se esquece dos seus grandes momentos na televisão. Nas redes sociais, ela costuma relembrar seus antigos quadros na Praça é Nossa com frequência.

Whatsapp


Leia também