Muito mais que R$ 1,5 milhão: participantes se dão bem após o BBB21 - TV História

Muito mais que R$ 1,5 milhão: participantes se dão bem após o BBB21

Whatsapp

Nos primórdios do Big Brother Brasil, além do prêmio milionário, alguns participantes tinham como objetivo ficarem famosos. Se dessem sorte, após o reality participariam de eventos para engordar os ganhos e, quem sabe, arranjariam algum lugar na televisão. A situação mudou há algum tempo, com o avanço das redes sociais e a participação de famosos no programa.

Se alguns confinados do BBB20 já se deram bem no ano passado, como Thelminha, Rafa Kalimann, Manu Gavassi e Babu Santana, entre outros, a situação ficou ainda melhor no BBB21, que terminou no último dia 4 de maio.

Quem está com o sorriso de orelha a orelha, evidentemente, é Juliette Freire. A paraibana levou R$ 1,5 milhão ao vencer o BBB, mas também conquistou milhões de seguidores nas redes sociais e uma legião de fãs por todo o Brasil, os “cactos”.

Sem ainda acertar a proposta de contrato da Globo, que tem interesse em mantê-la em seu elenco, a advogada e maquiadora se aproximou de Anitta, fez concorridas lives no Instagram e se tornou embaixadora da Avon. “Além de seu talento nato de comunicação e maquiagem, a paraibana carrega muitos propósitos de Avon, como o empoderamento feminino e a luta pela equidade e diversidade”, destacou Danielle Bibas, vice-presidente de marketing da empresa ao anunciar a novidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gil da Vigor e da Lacta

Apesar de não ter chegado à final do programa, Gil do Vigor também se deu muito bem. Além de angariar milhões de seguidores nas redes sociais, ele foi contratado pela Globo, que anunciou estar desenvolvendo um projeto para ele.

O economista pernambucano ainda dará seguimento ao seu pós-doutorado nos Estados Unidos, a partir de setembro – a aprovação aconteceu durante sua estadia no BBB.

Recentemente, ele foi contratado por duas marcas: inicialmente, virou o Gil da Vigor ao se tornar garoto-propaganda da marca de alimentos, assumindo o cargo de cocriador de conteúdo da linha de produtos.

A empresa enviou para ele um kit especial, com direito a iogurtes Vigor Grego personalizados com a sua imagem nas embalagens – uma brincadeira que faz referência a um meme que viralizou nas redes sociais, e que, agora, é uma forma simbólica de celebrar a sua contratação como embaixador. Durante o trabalho, Gil participará da criação de posts e outras peças de comunicação para redes sociais e atuará em parceria com a SunsetDDB, a agência de publicidade da Vigor.

Nesta segunda (17), a Lacta também anunciou que Gil vai ser o rosto do Bix Xtra:

Para completar, a vida de Gil vai virar livro. Em junho, a Globo Livros lança “Tem que vigorar!”, com a história de vida do economista pernambucano que ganhou o coração de todo o país. Gil vai contar sobre sua fé, os períodos de dificuldade e luta de sua família e como era a rotina como missionário mórmon.

O livro, claro, também vai trazer detalhes da participação de Gil na casa mais vigiada do Brasil e seu processo de descoberta e autoconhecimento como um homem gay. “Eu estou escrevendo minha história. A Globo Livros está me dando essa oportunidade de ter meu livro. Vai ter muita fé, muito vigor e muita cachorrada”, enfatizou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vida pós-tombo

Escorraçada do BBB21 com recorde de rejeição (99,17% dos votos), além de perder contratos publicitários e ser dispensada de eventos, Karol Conká contou com ajuda da Globo para reerguer sua carreira.

Primeiro, o Globoplay lançou o documentário A Vida Depois do Tombo, com quatro episódios, que mostrou como ficou sua vida a partir da eliminação do reality e entrou na lista dos mais vistos da plataforma.

Depois, Karol cantou na final do BBB, lançando no programa seu novo single, “Dilúvio”, que rapidamente conquistou boas posições nas plataformas de streaming. No Deezer, por exemplo, ela cresceu 978% após o lançamento, representando o maior pico do serviço no ano. No YouTube, até esta segunda, o clipe tinha 2,7 milhões de visualizações.

“Após a minha saída do reality, senti que a música representava muito do momento que estou vivendo. A partir disso, fiz algumas alterações na letra para que se ajustassem melhor ao que eu queria expressar”, declarou a cantora.

Todo mundo faturando

O cantor sertanejo Rodolffo também colhe os frutos de sua participação no BBB21. A música Batom de Cereja se transformou em hit nas plataformas de música. Ele também se apresentou na final do programa. Entre 10 e 15 de maio, a faixa se tornou a mais executada nas rádios brasileiros, de acordo com o ranking da Crowley. No YouTube, já são 226 milhões de visualizações, além de 97 milhões de reproduções no Spotify.

Apesar de ter sido o segundo eliminado da temporada, Arcrebiano garantiu vaga em outro reality show da Globo logo em seguida. Ele está na quinta temporada do No Limite, que foi ressuscitado por Boninho após 12 anos de hiato.

Já Sarah e Kerline podem ir parar na concorrência: a primeira estaria sendo sondada para apresentar um programa no SBT; a segunda, para participar de A Fazenda 13, no segundo semestre.

Nem Caio Afiune escapou: o ex-BBB estrelou uma campanha da Serasa nas redes sociais, que foi iniciada nesta segunda. A ação se aproveitou da fama de “caloteiro” do fazendeiro, que havia assinado 28 cheques sem fundo antes de entrar no reality.

Definitivamente, participar do BBB atualmente é um bom negócio.

Whatsapp


Leia também