Muitas mudanças na grade da Globo: saiba tudo que vai rolar

Whatsapp

Muita coisa está mudando na grade da Globo nos últimos dias – e vêm mais por aí. A emissora aproveita a saída de Fátima Bernardes, que está de mudança para o The Voice Brasil, para promover uma reforma drástica na grade matinal, envolvendo o Encontro e o Mais Você.

Ana Maria Braga

Além da presença de Patrícia Poeta e Manoel Soares, que assumem o Encontro, a emissora também promete novos horários para seus programas da manhã.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A partir do dia 4 de julho, o Encontro, já sob o comando da nova dupla de apresentadores, passa a ser exibido após o Bom Dia Brasil. Patrícia Poeta e Manoel Soares assumem a apresentação, e o programa deve ter seu formato reformulado.

Leia mais

Encontro

O Encontro ficará no ar das 9h30 às 10h35. Na sequência, entra Ana Maria Braga com o Mais Você, das 10h35 às 11h45. Assim, os jornais locais passam a entrar às 11h45 em todas as praças.

Segundo Amauri Soares, diretor de programação da Globo, a mudança é estratégica.

“Através dos estudos sobre o comportamento de quem nos assiste, entendemos que dois grandes temas despertam interesse neste momento: as notícias do dia e variedades. Avaliando a nossa grade, achamos que faz mais sentido que o Encontro, com seu DNA de atualidades, dialogue e esteja mais próximo do noticiário matinal, em uma transição mais fluida para o horário próximo do almoço, quando entra o Mais Você e todo seu potencial de entretenimento bem consolidado”, explicou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Novo Encontro

Fatima Bernardes

A explicação de Soares deixa claro que, com a mudança, o Encontro deve ficar ainda mais factual. Atualmente sob o comando de Fátima Bernardes, a atração já bebe bastante do noticiário, mas é, na essência, um talk show de variedades. A apresentadora e seus convidados discutem temas específicos, que dialogam com a atualidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No entanto, encostado no Bom Dia Brasil, a tendência é que o Encontro fique ainda mais dedicado às notícias do dia. A Globo ainda não anunciou como será o novo formato da atração, mas Flavio Ricco, colunista do R7, informou recentemente que a ideia é mudar tudo, como se fosse um novo programa.

Ou seja, a tendência é que o Encontro perca o formato de talk show para assumir algo mais próximo de uma revista eletrônica de variedades. Neste contexto, aproximá-lo do Bom Dia Brasil faz, sim, todo o sentido.

Louro Mané

Quanto ao Mais Você, ao colocá-lo um pouco mais tarde, a direção da Globo dá uma espécie de “promoção” ao matinal que, na prática, é o carro-chefe das manhãs da emissora. Ana Maria Braga sempre garantiu audiência satisfatória e quase sempre tem números melhores que o Encontro.

A mudança, então, coloca o Mais Você neste lugar de protagonismo. Encerrando a manhã, Ana Maria Braga e seu Louro Mané mudam de status, colocando-se como o principal programa de entretenimento da Globo. Nada mal para um programa com 23 anos de estrada e que ainda demonstra fôlego invejável.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Reprise nas madrugadas

Cara e Coragem

Cara e Coragem é a nova novela das sete da Globo. Mas também pode ser chamada de nova novela da madrugada da emissora. A atração, que estreou nesta segunda-feira (30) na faixa das 19h30, tem uma exibição alternativa no fim de noite do canal.

A novela escrita por Claudia Souto terá seu capítulo do dia reapresentado de segunda a sexta-feira, depois de Conversa com Bial, e aos sábados, depois do Supercine. A ideia é fisgar um público jovem, que forma a audiência desta faixa insone. A manobra parece simples, mas representa uma quebra de paradigma importante na Globo.

Isso porque apostar num horário alternativo, ou numa segunda janela de exibição, nunca foi algo que a Globo considerou até recentemente. O canal sempre temeu uma possível “canibalização” de seu conteúdo. Ou seja, não parecia interessante uma exibição alternativa porque ela poderia provocar uma “pulverização” da audiência.

O temor, então, sempre foi que um programa exibido em dois horários diferentes pudesse dividir o público, o que poderia (em tese) prejudicar seus resultados. Ao apostar num único horário, o canal “obriga” o público a estar sempre ali. É uma maneira de fisgá-lo e garantir sua audiência.

Transformação

Fabio Porchat

Estas transformações se refletem agora na própria Globo e na maneira como ela se relaciona com os canais pagos do grupo. Um exemplo disso é o Que História É Essa, Porchat?, cujo episódio inédito exibido pelo GNT é mostrado na Globo com apenas uma semana de hiato.

Outra experiência recente é o Globo Repórter. O jornalístico vai ao ar nas noites de sexta, mas, quem perder um episódio, pode revê-lo aos sábados de manhã. Algo impensável na Globo até pouco tempo atrás.

Com isso, esta nova janela da novela das sete, que será exibida nas madrugadas, pode representar mais uma mudança neste sentido. Se funcionar, a experiência pode ser estendida às demais novelas, ou até mesmo a outros programas da grade. Parece pouco, mas é uma transformação.

Whatsapp


Leia também