Mistério na Globo: de clássicas a recentes, novelas têm capítulos perdidos

Whatsapp

O aumento do número de janelas de exibição de um produto audiovisual, como a TV paga e o streaming, elevou também a demanda por produções clássicas da teledramaturgia nacional. O canal Viva e o Globoplay trazem, entre suas atrações, um rico material do acervo da TV Globo, formado por produções históricas da televisão brasileira. Atualmente, por exemplo, são exibidas as novelas O Beijo do Vampiro, Alma Gêmea, Páginas da Vida e Pão Pão, Beijo Beijo.

Alma Gêmea

Esta demanda por produções clássicas também expôs um problema que, ao que tudo indica, é bem mais comum do que se imaginava: a perda de parte deste acervo. Seja por deterioração da mídia original, corroída pela ação do tempo, ou até mesmo perda no sentido literal, algumas pérolas da dramaturgia nacional já não se encontram na íntegra no acervo da emissora.

Com isso, algumas produções resgatadas para exibição no Viva ou no streaming aparecem com capítulos faltando, ou têm episódios resgatados por “meios alternativos”. Dentre as últimas novelas resgatadas, há vários exemplos neste sentido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cadê o capítulo?

Alma Gêmea

A reprise de Alma Gêmea, atualmente em exibição no Viva, trouxe um destes casos. Logo em sua primeira semana, o repeteco precisou recorrer a uma “fonte alternativa” para exibir o capítulo 3 da obra de Walcyr Carrasco. O canal pago avisou o público nas redes sociais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Quem também tava ansioso pela volta de Alma Gêmea? Eu tava contando as horas para rever o novelão! Mas quero dar um aviso: o capítulo 3 da novela, que vai ao ar no Viva nesta quarta-feira (2) e estará disponível no Globoplay, não pode ser resgatado da mídia original”, dizia o aviso postado no perfil do Twitter do Viva.

“Tivemos que recorrer a uma fonte alternativa. Com isso, a qualidade da imagem foi afetada e apresenta diferenças em relação aos demais capítulos da novela. Pedimos desculpas pelo inconveniente e seguimos trabalhando para trazer pra vocês os grandes clássicos da teledramaturgia”, explicou o canal.

Buracos

Roda de Fogo

Enquanto o Viva recorre a “fontes alternativas” (seja lá o que isso significa), o Globoplay já faz o “sincerão” e avisa o seu público sobre os capítulos ausentes nas novelas clássicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No ano passado, dando continuidade ao projeto que resgata novelas históricas, a plataforma da Globo disponibilizou os capítulos de Roda de Fogo, clássico de Lauro César Muniz exibido originalmente em 1986. No entanto, o espectador não consegue encontrar a obra na íntegra no Globoplay.

Assim, quem resolver assistir Roda de Fogo no streaming não encontrará o capítulo 90 da produção. Ao invés disso, há o seguinte recado: “não foi possível recuperar o capítulo 90”. Na época, o Globoplay avisou que a falta do capítulo não prejudica a compreensão da trama.

O Bem-Amado

Outra novela resgatada pela plataforma que também não tem todos os seus capítulos disponíveis é O Bem-Amado (1973). Mas, neste caso, o Globoplay adaptou os episódios 94 e 96 para manter a continuidade do folhetim de Dias Gomes.

Versão internacional

Terra Nostra

Outras novelas clássicas da Globo, ainda não disponibilizadas no Globoplay, também não poderão ser acessadas na íntegra, mas por outro motivo: existem tramas que a emissora optou por preservar a versão internacional, ou seja, uma versão editada para a exportação da trama.

De acordo com Duh Secco, editor-chefe do TV História, dentre estas tramas estão os seguintes títulos: Plumas e Paetês (1980), Ciranda de Pedra (1981), Terras do Sem Fim (1981), Elas por Elas (1982), Final Feliz (1982), Transas e Caretas (1984), Vereda Tropical (1984), Corpo a Corpo (1984), Ti-Ti-Ti (1985) e Mandala (1987).

Cabe lembrar que o Viva, ao exibir Terra Nostra (1999), também colocou no ar a versão internacional da trama de Benedito Ruy Barbosa. A mesma versão acabou entrando no Globoplay.

“No caso de Terra Nostra, após o título ser selecionado e a checagem de direitos autorais realizada, o Viva se deparou com impedimentos relacionados aos direitos autorais. A versão que está no ar, com 150 capítulos, é a exibida internacionalmente pela Globo e a única disponível – sem prejuízos à trama”, explicou o canal na época.

Além disso, existem os casos de novelas clássicas, dos anos 1960 e 1970, que foram perdidas em virtude de incêndios realizados no canal ou pela reutilização das fitas, o que era comum naqueles tempos. Entre esses casos, estão Véu de Noiva, O Primeiro Amor, Os Ossos do Barão, Cavalo de Aço e O Rebu, entre outras.

Whatsapp


Leia também