Mesmo com sequelas, ator pediu para voltar às novelas: “Sou um profissional”

Whatsapp

A promissora carreira de Flávio Silvino foi bruscamente interrompida no dia 2 de novembro de 1993, quando ele sofreu um grave acidente de carro enquanto voltava de Cabo Frio para o Rio de Janeiro.

Flavio Silvino em Vamp

Após seu veículo ser atingido por um carro-forte, o ator teve danos cerebrais e chegou a ficar em coma durante três meses e meio.

Com muita luta, reaprendeu algumas atividades motoras, mesmo ficando com sequelas na fala e no andar.

Antes disso, Flávio fez sucesso como Matosão, em Vamp (1991), e depois esteve em Deus nos Acuda (1992).

Papel sob medida

Laços de Família

Quase sete anos depois do ocorrido, o filho do saudoso humorista Paulo Silvino voltou a atuar, em um papel feito sob medida para ele.

Em Laços de Família, o ator viveu Paulo, filho de Miguel (Tony Ramos), que tratava uma luta para voltar a levar uma vida normal após um acidente.

O personagem nasceu após uma ligação do ator para o autor Manoel Carlos, ocorrida dois anos antes, quando pediu um papel em sua próxima novela.

“Ele disse que escreveria algo para mim na primeira oportunidade, mas confesso que não levei fé. Eu pensava que ele havia dito aquilo apenas para me dar força”, declarou ao jornal O Estado de S. Paulo em 16 de janeiro de 2000, meses antes da estreia de Laços de Família.

Gravaria o que fosse preciso

Laços de Família

Na época com 28 anos, Flávio disse que gravaria, até mesmo, uma cena de acidente similar ao que sofreu.

“Sou um funcionário da Globo e não tem cabimento ficar em casa recebendo sem trabalhar”, declarou. “Sou um profissional”, completou.

Na época, o ator não via a hora de voltar ao trabalho. Ele conciliava as gravações com as sessões de fisioterapia e fonoaudiologia, que ocupavam as manhãs.

A agenda era organizada pela namorada, a advogada Adreane Drumond.

Flavio Silvino

Para dar vida à Paulo, Maneco se encontrou algumas vezes com Flávio. Depois disso, sua pesquisadora “colou” nele para observar sua rotina.

“Tenho três pastas sobre ele. Não quero despertar piedade. Acho que o trabalho vai ser bom para todos que têm problemas parecidos”, disse o autor na mesma reportagem do Estadão.

Depois de Laços de Família, Flávio não voltou mais a atuar.

Atualmente com 50 anos, ele continua com sua rotina diária, acordando e dormindo cedo, passeando na praia e curtindo a família, sendo um exemplo de superação.



Leia também