Mais reconhecida em Portugal: por onde anda Thais de Campos, a Andrezza de A Viagem?

Whatsapp

Thaís de Campos nasceu em Brasília (DF) no dia 21 de outubro de 1963. Formada pela Escola de Atores de Wolf Maya, de quem é sobrinha, iniciou sua carreira no início dos anos 1980.

Sua primeira novela foi Ciranda de Pedra, na Globo, em 1981. Depois disso, esteve em Elas por Elas (1982), Final Feliz (1983), Voltei pra Você (1983), Livre para Voar (1984), Tenda dos Milagres (1985) e Ti Ti Ti (1985).

Após uma rápida passagem pela Manchete, onde fez Mania de Querer (1986), voltou para a Globo, atuando em Bambolê (1987), Tieta (1989), Desejo (1990) e Mulheres de Areia (1993).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um dos principais papeis de sua carreira foi a Andrezza de A Viagem, em 1994. Filha de Guiomar (Laura Cardoso), era mulher de Raul (Miguel Falabella). A personagem vivia muito bem com o marido e não entendia como a sua vida mudou de uma hora para a outra após a morte de Alexandre (Guilherme Fontes).

Depois desse trabalho, esteve em Salsa e Merengue (1996), Pecado Capital (1998), O Quinto dos Infernos (2002) e Kubanacan (2003).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Voltou a aparecer na telinha em Duas Caras (2007), Cinquentinha (2009) e Lara com Z (2011). Ainda em 2011, fez a Alice de Fina Estampa, recentemente reprisada pela Globo em edição especial.

Em 2012, esteve em Malhação: Intensa como a Vida e, depois, em 2014, em Boogie Oogie, sua última novela até o momento.

Entre 1993 e 1996, teve um relacionamento sério com o ator Luciano Sabino. Depois, com o diretor Flávio Mendes, com quem ficou entre 1997 e 1999 e teve uma filha, Carolina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2000, a atriz, que atualmente tem 57 anos, se mudou para Portugal e lá iniciou um namoro com o executivo português Paulo Bandeira, com quem vive junto desde 2003. Em 2005, nasceu sua segunda filha, Clara.

Revezando-se entre o Rio de Janeiro e Lisboa durante um bom tempo, ela se fixou em Portugal há quatro anos, onde trabalhou como atriz, produtora e diretora na televisão, no cinema e no teatro português, inclusive dando cursos de interpretação, cinema e artes cênicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Ensinar, para mim, é mais que um ofício, é uma missão. Me dá muito prazer passar meu conhecimento para o próximo e com isso, de alguma forma, melhorar o ser humano”, explicou Thais ao site da revista Quem, no ano passado. “Como atriz é que não estou trabalhando. Estou com saudades, mas acho mais fácil fazer alguma coisa no Brasil”, completou.

Sobre o reconhecimento, ela diz que, na maioria das vezes, é mais lembrada lá do que aqui. “Me sinto muito preenchida de afeto aqui em Portugal, mais até do que no Brasil. Passo mais despercebida no Brasil que aqui. Não que isso seja importante para mim, mas toda manifestação de amor e carinho é sempre bem-vinda”, concluiu.



Leia também