Jovem ator escondeu câncer terminal para não ser demitido pela Globo

Promessa se foi pouco tempo após o término de trama e seus colegas de elenco ficaram surpresos

Whatsapp

Em Caras e Bocas (2009), grande sucesso da Globo no horário das sete, o ator Dener Pacheco vivia o jovem Renan. O rapaz, enteado de Amarilys (Guilhermina Guinle) e apaixonado por Vanessa (Sophie Charlotte), sofria por conta de transtornos mentais.

Dener Pacheco
Dener Pacheco (Reprodução / IMDB)

A trama de Walcyr Carrasco foi a única novela da carreira do artista, que faleceu apenas dois meses após o fim do trabalho, em razão de câncer no estômago e pulmões.

A notícia surpreendeu os colegas, que não sabiam que Dener estava doente e acreditam que provavelmente ele escondeu a gravidade da doença para não deixar de realizar o sonho de atuar na novela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Grande sucesso

Sophie Charlotte e Dener Pacheco - Caras & Bocas
Sophie Charlotte e Dener Pacheco nos bastidores de Caras e Bocas (Reprodução / Facebook)

Caras e Bocas fez um enorme sucesso na faixa das sete da Globo. A trama girava em torno de Dafne (Flavia Alessandra), dona de uma galeria de arte que vivia uma relação de amor e ódio com Gabriel (Malvino Salvador), seu grande amor da juventude.

Leia mais

Ele tinha um primo, Denis (Marcos Pasquim), que começa a fazer sucesso no mundo das artes por conta de telas pintadas por Xico (Kate), um macaco que fugiu do circo. Na trama, Denis era apaixonado por Simone (Ingrid Guimarães), sócia de Dafne na galeria, e vivia culpado por enganá-la por conta das obras artísticas do macaco, que ela acreditava serem do namorado.

Na época, Ingrid Guimarães estava grávida e precisou sair da trama em razão da licença-maternidade. Com isso, entrou em cena Amarilys, personagem de Guilhermina Guinle, que seria o novo interesse amoroso de Denis. Ela chega à trama ao lado do enteado Renan, personagem de Dener Pacheco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Jovem talento

 

Renan entra em cena para formar par com Vanessa, a filha dos engraçados Ivonete (Suzana Pires) e Fabiano (Fabio Lago). O personagem caiu nas graças da audiência, revelando ao público a beleza e o talento do jovem Dener Pacheco.

No entanto, a carreira do ator na TV foi breve. Caras e Bocas saiu do ar em 8 de janeiro de 2010. Meses depois, em 6 de março, Dener Pacheco morreu, aos 28 anos. Ele foi internado em um hospital na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, após sentir fortes dores no abdômen. Exames detectaram tumores no estômago e pulmões.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ninguém sabia

Dener Pacheco e Guilhermina Guinle - Caras & Bocas
Dener Pacheco (Renan) e Guilhermina Guinle (Amarilys) em Caras e Bocas (Divulgação / Globo)

A notícia da morte de Dener Pacheco pegou seus colegas de elenco de surpresa.

“Ninguém sabia que ele estava doente, nem sua família. A irmã dele, que mora em Tubarão (SC), chegou ontem ao Rio de Janeiro e ele faleceu nesta madrugada”, comentou na época Guilhermina Guinle.

O autor Walcyr Carrasco também demonstrou surpresa em uma série de tweets postados por ele na ocasião.

“Perguntei ao Dener se era maligno [o câncer] e na época ele não respondeu, julguei que não era. Mas hoje penso que ele já sabia…”, relatou o novelista. “Seu grande sonho era fazer uma novela. Durante as gravações teve alguns problemas de saúde, mas não liguei uma coisa à outra”, completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Colegas consternados

Walcyr Carrasco
Walcyr Carrasco no Conversa com Bial (Reprodução / Globo)

Na época, vários atores de Caras e Bocas se mostraram consternados e surpresos com a notícia da morte de Dener. Eles lamentaram a perda e prestaram condolências aos familiares em suas redes sociais.

“Muito triste mesmo. Eu e Fabinho [Lago] estávamos gravando agora de manhã e falamos nele sem saber de nada”, escreveu Maria Clara Gueiros, a Lili de Caras e Bocas.

“Luto: recebi a notícia de que nosso colega Dener Pacheco, o Renan de ‘Caras e Bocas’, faleceu hoje de câncer no Rio. Estou arrasada… Onde quer que ele esteja, que Papai do Céu o ilumine. Estarei aqui mandando minhas energias…”, postou Sheron Menezzes, a Milena da trama.

“Gente boníssima, engraçado, inteligente e espirituoso. Apenas começando na carreira… Vamos sentir sua falta querido”, afirmou Rachel Ripani, a Tatiana.

“Dener, agora você está entre as estrelas. É onde sempre mereceu estar! Obrigado por ter sido meu amigo! Sabe, você era e é super boa gente!”, escreveu Walcyr Carrasco. “Espero de coração ter realizado o sonho que ele tinha e que merecia ter, pois tinha talento. E se foi feliz nesse sonho, agradeço a Deus”, complementou o autor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Trajetória

Dener Pacheco
Dener Pacheco (Reprodução / Facebook)

Dener Pacheco nasceu em Tubarão (SC). Aos 14 anos, se mudou para São Paulo, onde começou a trabalhar como garçom até conseguir ingressar na carreira de modelo, que exerceu com bastante sucesso.

Seu grande sonho era fazer uma novela, o que aconteceu em Caras e Bocas, seu único trabalho na TV.

Whatsapp


Leia também