Lutando contra as drogas, jovem ator da Globo se jogou do quinto andar

Em delírio, promessa que esteve em novelas da emissora acreditou que estava sendo perseguido por algo

Whatsapp

Vitor Morosini, que se destacou para todo o Brasil na novela Belíssima (2005), tentou tirar a sua própria vida se jogando do quinto andar de um prédio. Na ocasião, o ator estava sob efeito de drogas.

Vitor Morosini - Belíssima
Vitor Morosini em Belíssima (Divulgação)

Há quatro anos, em entrevista a Geraldo Luís na Record, o artista contou que seu vício em maconha começou aos 15 anos, antes mesmo de interpretar Isaac na trama de Silvio de Abreu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Delírio persecutório

Lima Duarte, Claudia Raia e Vitor Morosini - Belíssima
Lima Duarte, Claudia Raia e Vitor Morosini em Belíssima (Divulgação / Globo)

Em entrevista ao extinto programa Domingo Show, da Record, em 2019, Vitor Morosini explicou o que o levou a tomar a drástica decisão de pular do quinto andar de um hotel em Barretos (SP).

“Tive um delírio persecutório, achava que tinha câmera me filmando em casa, passando pro mundo inteiro, coisa nada a ver”, contou na atração.

Leia mais

Por causa do ocorrido, em 23 agosto de 2018, Vitor precisou passar por cinco cirurgias e diversas sessões de fisioterapia para se recuperar da queda.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Surto

Vitor Morosini, Paolla Oliveira, Claudia Raia e Bianca Comparato - Belíssima
Divulgação / Globo

Depois do grave incidente, Vitor conversou com o jornalista e explicou que deixou a TV para se dedicar à carreira de comissário de bordo. No entanto, ele não obteve sucesso na nova área, justamente porque para atuar na profissão ele não podia fazer uso de drogas.

“Para voar eu precisava fazer exame toxicológico, e eu fumava muito todo dia”, revelou.

Após fumar todos os dias por quase dois anos, os entorpecentes passaram a lhe causar um efeito paranoico. Ele contou que pensava estar sendo perseguido, motivo pelo qual se atirou do edifício.

“No começo, era só euforia, nunca fui de ficar relaxadão. Eu estava surtado, um ano e oito meses fumando todo dia, uma hora a bomba estoura. Não foi o primeiro surto que eu tive, eu já tinha passado por outros”, assumiu.

Pensando ter alguém o perseguindo a fim de lhe fazer mal, o rapaz pegou sua moto e foi até Barretos, em São Paulo, hospedando-se no fatídico hotel de onde veio a pular. Avisado que precisava sair do quarto, ele se sentiu acuado e pulou.

“Ligaram da recepção falando que eu tinha que desocupar o quarto, aí começou a bater o desespero. Se eu saísse do hotel, achava que iam me matar, me torturar, fazer mal para mim. Pensei que a única alternativa era pular. Subi no ar -condicionado que fica de fora do hotel. Bateram na porta do quarto, eu ouvi a batida, fechei o olho e pulei. Eu só pensei antes de pular: ‘Estou na paz, Deus está comigo'”, contou na atração.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Retorno

Vitor Morosini
Reprodução / Record

Recuperado e sem saber como saiu dessa vivo, Vitor contou que desejava voltar a atuar, mas que possuía alguns problemas de aceitação, já que estava calvo e tatuado.

No programa, Geraldo o presenteou com um curso de atuação na Escola de Atores Wolf Maya, para se reciclar e recomeçar como profissional.

Na trama de Silvio de Abreu produzida em 2005, Vitor fez o papel de Isaac, filho de Safira (Claudia Raia) e Freddy (Guilherme Weber). Antes da produção, esteve no seriado Sandy e Júnior (1999-2002) e na novela Jamais te Esquecerei (2003), do SBT.

Whatsapp


Leia também