José Mayer lamenta novela que afundou sua carreira: “Não trouxe sorte”

Whatsapp

Embora esteja afastado da televisão desde 2017, o eterno galã José Mayer pode ser visto atualmente na telinha em Páginas da Vida, que está sendo reprisada pelo canal Viva.

O ator estreou na televisão em 1977, como o Burro Falante do infantil Sítio do Picapau Amarelo Depois, atuou em um episódio de Carga Pesada (1980), participou de Malu Mulher (1980) e da novela Chega Mais (1980).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na década de 1980, continuou participando de diversas produções da Globo, como Caso Verdade (1982), Bandidos da Falange (1982), Guerra dos Sexos (1983), Partido Alto (1984), A Gata Comeu (1985), Hipertensão (1986), Selva de Pedra (1986), O Pagador de Promessas (1988) e Fera Radical (1988).

Na década de 1990, atuou em Meu Bem, Meu Mal (1990), De Corpo e Alma (1992), Agosto (1993), Pátria Minha (1994), História de Amor (1995), A Indomada (1997) e Meu Bem Querer (1998).

Nos anos 2000, teve vários papeis de destaque, como Pedro, em Laços de Família (2000), Fernando Reis, na minissérie Presença de Anita (2001), o médico cirurgião César em Mulheres Apaixonadas (2003) e Greg em Páginas da Vida (2006).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Reviravolta na carreira

José Mayer

Uma reviravolta em sua carreira aconteceu em 2017, quando ele foi acusado de assédio sexual pela figurinista Su Tonani, que trabalhava na emissora durante as gravações da novela A Lei do Amor, última produção dele na casa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mayer disse que o personagem, Tião Bezerra, deu azar, tanto para Domingos Montagner, que recusou o papel, quanto para ele, que aceitou.

“Meu último personagem nas novelas foi Tião Bezerra, um homem cruel, machista e misógino. Não trouxe sorte nem para o ator que se recusou a interpretá-lo. Nem para mim, que o aceitei. Quem somos nós para saber o que nos reserva o destino, não é?”, escreveu Mayer em uma publicação recente no Instagram.

Após a denúncia, feita em março de 2017, Mayer foi suspenso das novelas por tempo indeterminado e ficou na geladeira até o final do contrato.

Su Tonani

Posteriormente, ele desculpou-se pelo ocorrido em carta aberta para o público.

“Eu errei. Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava. A atitude correta é pedir desculpas. Mas isso só não basta. É preciso um reconhecimento público, que faço agora. Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas”, disse o ator no texto.

“A única coisa que posso pedir a Susllem, às minhas colegas e a toda a sociedade é o entendimento deste meu movimento de mudança”, concluiu.

No dia 15 de janeiro de 2019, a Globo anunciou a saída do ator de seus quadros após 35 anos de contrato.

“Depois de mais de 35 anos de uma trajetória iniciada na novela Guerra dos Sexos, em 1983, com participação em mais de 40 obras, entre novelas, séries, minisséries e especiais, a Globo e o ator José Mayer informam o fim da parceria, de comum acordo, no final de 2018″, disse o comunicado enviado pela emissora na época da dispensa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Isolamento

Desde então, Mayer sumiu da mídia e se isolou, junto com a família, em um sítio onde passou a morar. Recusou, inclusive, a visita de muitos amigos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Não estou no momento de dar entrevistas, mas estou bem. Estou de férias. Tô na minha”, declarou, em certa ocasião, à jornalista Keila Jimenez.

Em julho de 2018, ele foi diagnosticado com uma doença rara e incurável, a granulomatose com poliangiite, que pode ser mantida sob controle a partir do diagnóstico precoce.

José Mayer

No dia 18 de dezembro de 2020, o ator deu uma entrevista para o programa A Tarde é Sua, da RedeTV!, quando confirmou que não pretende mais voltar à televisão.

“Não voltarei à vida pública”, declarou.

Ele foi convidado por Silvio Cerceau para ser protagonista de uma novela da Record, mas declinou.

“Estou lisonjeado por ter sido lembrado pelo Cerceau, mas minha resposta é a mesma: não voltarei à vida pública porque estar junto com a minha mulher Vera minha filha Júlia e meu neto Antônio tem sido um dos melhores períodos da minha vida”, explicou.

Whatsapp


Leia também