Não será apenas com a morte de Maria Santa (Duda Santos) – abaixo, com Jacutinga (Juliana Paes) – que José Inocêncio (Humberto Carrão/Marcos Palmeira) vai sofrer em Renascer. Após ter feito um pacto com o diabo para garantir uma longa vida, o protagonista também perderá um filho ao longo da trama, José Venâncio (Rodrigo Simas).

Jacutinga (Juliana Paes) e Maria Santa (Duda Santos) em Renascer
Jacutinga (Juliana Paes) e Maria Santa (Duda Santos) em Renascer (divulgação/Globo)

O personagem morreu na primeira versão de Renascer (1993) após o ator Taumaturgo Ferreira, que o interpretava, ter se desentendido com a equipe da novela. Na época, surgiram rumores de que a interpretação do ator irritou o autor Benedito Ruy Barbosa, mas o veterano negou.

[anuncio_1]

Castigo?

Taumaturgo Ferreira em Renascer
Taumaturgo Ferreira em Renascer

Nos últimos anos, Taumaturgo Ferreira confirmou que houve um desentendimento. O ator contou que, na época, havia combinado com o diretor Luiz Fernando Carvalho de interpretar José Venâncio mais sofisticado, sem o sotaque que os outros filhos de Inocêncio tinham.

Ele entendia que o personagem tinha uma vivência diferente, já que era mais moderno e se relacionava com uma pessoa intersexo – na época chamada de hermafrodita -, Buba (Maria Luisa Mendonça).

Porém, o autor Benedito Ruy Barbosa não teria gostado. Como punição, o personagem teria sido morto para tirar o ator da trama. Na história, José Venâncio morre com um tiro no peito em uma tocaia armada para seu pai.

 

[anuncio_2]

Morte prevista

Benedito Ruy Barbosa
Benedito Ruy Barbosa (Divulgação / Globo)

De acordo com a Folha de S. Paulo de 29 de abril de 1993, o ator foi retirado da novela após a Globo avaliar que ele não se adequou ao papel. Entre o elenco, a conversa era de que Taumaturgo não teria convencido e que ele construiu um personagem afetado e sofisticado demais.

Mas, na época, o autor da novela, Benedito Ruy Barbosa, negou que a morte do personagem teria sido uma punição para o ator. Ele alegou que a tragédia já estava prevista desde o começo do folhetim.

“A morte de um dos filhos de José Inocêncio em uma tocaia estava decidida desde o início da trama. Essa perda faz parte da paga do coronel em seu pacto com o demo”, justificou Benedito ao Jornal do Brasil do dia 30 de abril de 1993.

[anuncio_3]

Negou insatisfação

Rodrigo Simas em Renascer
Rodrigo Simas em Renascer

O novelista ainda afirmou que já tinha escolhido José Venâncio para morrer bem antes da polêmica envolvendo Taumaturgo e argumentou que seria para movimentar a história.

”Esse assassinato era importante para evitar uma barriga, que é aquele período de marasmo que acomete novelas com esta extensão. Era hora de tirar o coringa que eu tinha nas mãos”, explicou.

Na tentativa de provar que não estava insatisfeito com a atuação de Taumaturgo Ferreira, Benedito manteve o personagem na trama por meio de cenas de flashback. O ator também se pronunciou e negou qualquer mal-estar na época.

“É óbvio que as pessoas maldosas vão dizer que eu não estava bem e que decidiram me tirar. Mas eu sei o que o Benedito, o que o diretor Luiz Fernando Carvalho e a Globo estavam achando do meu trabalho”, comentou.

No remake de Renascer, José Venâncio será interpretado por Rodrigo Simas, que seguirá por um caminho diferente de Taumaturgo e fará o terceiro filho de José Inocêncio com sotaque. No entanto, o personagem morrerá mesmo assim, se despedindo da novela bem antes do fim.

Compartilhar.

Publicitário e roteirista, escreve sobre televisão desde 2013. Com passagem por diversos sites, atuou como redator, editor e repórter, função que proporcionou entrevistar grandes nomes. Um apaixonado por televisão, que ama novelas desde que se entende por gente.