Já deu: 10 personagens que estão fazendo hora extra em Terra e Paixão

A novela das nove da Globo está repleta de personagens que não têm o que fazer

Whatsapp

André Santana

Foram tantas as mudanças e reviravoltas em Terra e Paixão que muitos personagens acabaram sendo jogados para escanteio. Quem acompanha a novela escrita por Walcyr Carrasco e Thelma Guedes já percebeu que há vários tipos que estão ali apenas esperando a trama acabar.

Gladys (Leona Cavalli) e Graça (Agatha Moreira) em Terra e Paixão
Gladys (Leona Cavalli) e Graça (Agatha Moreira) em Terra e Paixão (reprodução/Globo)

Personagens como Graça (Agatha Moreira), Gladys (Leona Cavalli) e Jonatas (Paulo Lessa), entre outros, já estão com suas histórias praticamente concluídas. Ou seja, estão apenas fazendo hora extra no horário nobre da Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Casal improvisado

Agatha Moreira e Paulo Lessa como Graça e Jonatas em Terra e Paixão
Graça (Agatha Moreira) e Jonatas (Paulo Lessa) em Terra e Paixão (Reprodução / Globo)

O caso mais curioso envolve Graça e Jonatas. Ambos foram anunciados como parte do time de protagonistas de Terra e Paixão: a moça seria a antagonista, enquanto o rapaz seria um dos principais galãs. Porém, nenhum dos dois personagens vingou em suas respectivas funções.

Leia mais

Com isso, ambos foram jogados para escanteio e acabaram se transformando num casal improvisado. Atualmente, Graça e Jonatas vivem uma história de amor que em nada acrescenta ao enredo da trama das nove da Globo.

Ou seja, de protagonistas, Graça e Jonatas se transformaram em coadjuvantes sem qualquer relevância. Estão em cena apenas esperando os créditos subirem, já que não há mais história para eles.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Esquecidas

Renata Gaspar e Camilla Damião em Terra e Paixão
Renata Gaspar e Camilla Damião em Terra e Paixão (Divulgação / Globo)

Pior ainda é o que acontece com Mara (Renata Gaspar) e Menah (Camilla Damião). A previsão era que as duas personagens viveriam um romance cheio de obstáculos, já que enfrentariam o ex-marido violento da caminhoneira e o preconceito da cidade.

Mas o romance entre as duas mulheres ficou só na promessa. Elas até formam um casal, porém, o conflito não foi desenvolvido como previsto e, atualmente, Mara e Menah não têm uma história própria. Elas apenas aparecem como coadjuvantes em outros enredos.

O apagamento do casal lésbico de Terra e Paixão rendeu críticas da própria Renata Gaspar. Nas redes sociais, a atriz lamentou o sumiço das personagens, avisou os fãs que elas não teriam mais uma história até o fim da novela e prometeu que falaria mais sobre isso após a conclusão do trabalho.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Avulsos

Luigi (Rainer Cadete) e Anely (Tata Werneck) em Terra e Paixão
Luigi (Rainer Cadete) e Anely (Tata Werneck) em Terra e Paixão (reprodução/Globo)

Gladys também perdeu função no decorrer de Terra e Paixão. A diretora da escola engatou um romance com Andrade (Ângelo Antônio), que também perdeu a função na trama depois de se separar de Lucinda (Débora Falabella). O agressor, inclusive, não deve nem ser punido por ter batido na esposa.

Outro casal que parece não ter mais o que fazer em Terra e Paixão é Anely (Tata Werneck) e Luigi (Rainer Cadete). Ela, atualmente, está envolvida nas filmagens de um longa sobre a Rainha Delícia, uma trama aleatória tirada do éter apenas para encher linguiça. Já Luigi tem um pouco mais de “sorte”, pois ainda pertence ao núcleo La Selva. Mesmo assim, o casal estacionou.

Por fim, Berenice (Thati Lopes). A personagem nunca disse a que veio, já que não vingou como sucessora de Cândida (Susana Vieira), muito menos como amante de Antônio (Tony Ramos). Acabou indo parar no tal filme da Rainha Delícia, onde estão todos os personagens sem função da novela…

Whatsapp


Leia também