Influenciadora que fez festa na quarentena é detonada por artistas e perde patrocinadores - TV História

Influenciadora que fez festa na quarentena é detonada por artistas e perde patrocinadores

Whatsapp

A influenciadora Gabriela Pugliesi, 33 anos, famosa por suas postagens no Instagram, vai sentir no bolso pelo ato que cometeu na noite do último sábado (25).

Ela, que já teve coronavírus, promoveu uma festa com amigas, entre elas a ex-BBB Mari Gonzalez, em plena quarentena por conta da pandemia. Ao postar fotos da celebração nas redes sociais, recebeu uma enxurrada de críticas de famosos, como Tatá Werneck, e do público em geral.

A crise de imagem de Pugliese se agravou: diversas empresas anunciaram que cortaram relações comerciais com a moça.



Um deles, o Grupo Hope, de lingeries, soltou uma nota oficial. “Estamos suspendendo as atividades de qualquer parceiro que não adote tais medidas”, destacou.

O Banco BTG Pactual e a Mais Pura, marca de snacks, também confirmaram a suspensão dos patrocínios, bem como a Desinchá e a Livup. “Suspendemos todas as ações previstas e programadas com a influenciadora e manteremos postura semelhante com qualquer outro parceiro ou situação similar”, informou a marca de produtos voltados para alimentação saudável.

Kpenhagen e Fazenda Futuro também confirmaram que fizeram ações pontuais com Pugliese e que não pretendem fazer novas atividades no futuro. “Lamentamos que tais atitudes partam de parceiros que, ocasionalmente, acionamos no passado. Apesar de não ter nenhum contrato vigente no momento, nos comprometemos em rever todas as possíveis ações com os nomes envolvidos”, destacou a Fazenda Futuro.

Em seu Instagram, no domingo (26), Pugliesi pediu desculpas pelo ocorrido. “Acordei muito arrependida, super mal, angustiada. Eu sei que a gente está passando por um momento muito delicado”. Mas já era tarde…





Leia também