Hebe fez sucesso no SBT, mas teve muitas brigas com Silvio Santos - TV História

Hebe fez sucesso no SBT, mas teve muitas brigas com Silvio Santos

Quem conhece a história de Hebe Camargo sabe o quanto o SBT foi importante em sua carreira e vice-versa. Foi um casamento que durou 24 anos e, como toda relação, tem seus altos e baixos.

Hebe sempre exigiu que seu programa fosse ao vivo, afinal, a apresentadora nunca gostou de programa gravado, e o SBT seguia à risca esse pedido. Porém, o programa frequentemente se estendia além do horário, incomodando Silvio Santos e atrasando toda a programação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Naquela época, o programa era exibido às terças-feiras, das 21h30 às 23h30, mas como era transmitido ao vivo, Hebe se estendia e, às vezes, chegava a terminar o seu programa à meia noite. Silvio sempre reclamava, mas nada mudava: Hebe continuava passando do horário e o Jô Onze e Meia, por exemplo, virava Jô Meia Noite.

Silvio teve uma ideia para acabar com este problema e dividiu o programa em dois: Hebe iria ao ar às terças-feiras, trazendo musicais e entrevistas, e, às segundas, seria a vez de Hebe por Elas, atração apenas com debates. Cada programa teria apenas uma hora de duração e, assim, não haveria atrasos na programação. Para Silvio, o problema estava resolvido, mas outro obstáculo surgiu: a insatisfação da apresentadora.

O esquema da produção do programa foi totalmente afetado. O que mais irritava Hebe era a duração do programa: muito curta para um programa de debate. Quando o assunto começava a render, o tempo se esgotava. E isso também valia para o tradicional Hebe.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Ela foi diretamente ao Silvio reclamar da duração da programação, mas o homem do Baú se manteve firme e não abriu mão de sua decisão. Hebe nunca escondeu a sua insatisfação, afirmando em uma entrevista à revista Contigo que fazia papel de idiota com o tempo que tinha em mãos. Mas, mesmo contrariada, ela seguiu à risca as ordens de Silvio.

A relação entre Hebe e SBT piorou quando, em 1993, Silvio informou uma outra decisão da emissora: a apresentadora voltaria a ter um programa único, de duas horas, mas em outro dia e horário: seria exibido nas tardes de domingo e no formato gravado.  A decisão de mudar Hebe para os domingos era uma tentativa de frear a audiência do Domingão do Faustão, que só vinha crescendo anos após ano.

No primeiro programa exibido no domingo, Hebe foi vestida com uma blusa e calça com estampa de onça e afirmou: “Vim assim porque o Silvio Santos me deixou uma onça”.  Hebe foi profissional, se manteve no ar e conduziu seus programas no domingo de tarde, mas de fato a insatisfação era grande.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A audiência não foi boa e Silvio se viu obrigado a mudar o programa de Hebe novamente de dia e horário, selando a paz entre a apresentadora e a emissora. O programa ganhou uma hora e meia de duração, exibido ao vivo nas segundas-feiras, ficando no ar até o dia 27 de dezembro de 2010, última segunda em que o programa foi exibido no SBT.

Independentemente das mudanças, Hebe sempre foi um sucesso no SBT, emissora que cresceu e ganhou prestígio graças ao talento e carisma da rainha da televisão brasileira.



Deixe sua opinião
Whatsapp


Leia também