Há 49 anos, canal faliu e saiu do ar, mas deixou "herança" para Silvio Santos - TV História

Há 49 anos, canal faliu e saiu do ar, mas deixou “herança” para Silvio Santos

Whatsapp

Terceira emissora a ser inaugurada no Rio de Janeiro, atrás apenas de TV Tupi e TV Rio, a TV Continental entrou no ar no dia 30 de junho de 1959, com a presença do então presidente Juscelino Kubitschek na inauguração. Fundada pelos irmãos Carlos, Murilo e Rubens Berardo, o canal teve um pequeno período de auge, mas desapareceu de forma lastimável. No entanto, uma espécie de “herança” foi deixada para Silvio Santos.

Apesar de não ter grandes destaques em sua história, a emissora registra alguns feitos, como o pioneirismo no uso do videotape, ainda no ano de sua fundação, e a contratação de artistas como Elizeth Cardoso, Agnaldo Rayol e Ivon Cury, que comandavam atrações que obtinham boas audiências.

No entanto, não demorou muito para o canal 9 entrar em crise: salários atrasados, falta de pessoal adequado e precariedade de equipamentos e cenários eram constantes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Um ano antes de sair do ar, em 1970, a TV Continental foi despejada de sua sede, na Rua das Laranjeiras, sendo obrigada a ocupar um pequeno imóvel em Vila Isabel.

Alguns meses depois, a situação ficou ainda pior: afundada em dívidas, a emissora passou a ser transmitida diretamente de um velho caminhão de externas, estacionado em frente ao Grajaú Tênis Clube.

Eram exibidos apenas filmes e séries antigas, sem comerciais ou qualquer padronização. Não havia mais o que ser feito. Restaram apenas os programas educativos de Alfredina de Paiva e Sousa, mas por pouco tempo.

Pouca gente percebeu, mas no dia 2 de setembro de 1971 o canal saiu do ar. Em fevereiro de 1972, veio a cassação definitiva de sua concessão, ordenada pelo presidente Emílio Garrastazu Médici.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Herança

A TV Continental, no entanto, deixou uma espécie de “herança”: Silvio Santos adquiriu a torre, os transmissores e antigos equipamentos do canal, em leilão realizado alguns anos após o fechamento, para instalar a sua TVS, em 1976.

Quando todo mundo pensava que o animador estava comprando apenas sucata, veio uma surpresa: os transmissores eram bons e estavam preparados para transmissões em cores muito antes da estreia do sistema no Brasil, em 1972.



Leia também