Considerado um dos maiores apresentadores da televisão brasileira, Flávio Cavalcanti passou por várias emissoras e deixou seu nome marcado na história do veículo por conta do estilo peculiar.

Flavio Cavalcanti
Flavio Cavalcanti

Mas, há 38 anos, o artista apresentou seu programa pela última vez. Flavio Cavalcanti passou mal enquanto comandava a atração que levava seu nome no SBT, deixou o palco antes do final do show e nunca mais voltou.

Ele faleceu poucos dias depois, por conta de uma parada cardíaca.

História

Flávio Cavalcanti é um dos pioneiros da televisão brasileira. Sua estreia no veículo aconteceu em 1987, no comando do programa Um Instante, Maestro!, na TV Tupi. Depois, passou por outras emissoras.

Nos anos 1970, estreou o Programa Flávio Cavalcanti na Tupi, um sucesso nas noites de domingo. Depois, passou pela Band, no Boa Noite Brasil, até chegar ao SBT em 1983, onde comandava o programa que levava seu nome nas noites de quinta-feira.

Na atração, que era exibida ao vivo, Flávio Cavalcanti costumava quebrar discos de canções que não gostava, além de promover debates sobre temas polêmicos. Ele também recebia artistas para entrevistas e musicais.

O último programa

Flavio Cavalcanti no hospital
Flavio Cavalcanti no hospital

Em 22 de maio de 1986, Flávio Cavalcanti comandava seu programa ao vivo no SBT. Naquele dia, ele chegou a brincar após um número musical considerado ruim: “É por isso que estou passando mal”, disparou.

Pouco depois, ele apontou o dedo indicador para o alto e chamou os comerciais, como sempre fazia. Mas, quando o programa voltou ao ar, Flávio Cavalcanti não estava mais lá. O público viu Wagner Montes em seu lugar, pegando todo mundo de surpresa.

“Vocês devem estar estranhando porque eu estou apresentando o programa. Desculpem, mas eu também fui pego de improviso. Mas o Flávio teve uma pequena indisposição e, se Deus quiser, na próxima quinta-feira, ele estará aqui, porque aqui é o seu lugar, para comandar o Programa Flávio Cavalcanti”, disse o apresentador.

SBT saiu do ar

Flávio Cavalcanti sofreu uma isquemia miocárdica aguda enquanto comandava seu programa. Ele foi levado ao hospital, onde obteve significativa melhora. Tanto que o apresentador chegou a deixar a UTI e receber amigos e familiares no quarto.

Porém, quatro dias após passar mal, em 26 de maio de 1986, o apresentador teve uma parada cardíaca e não resistiu. Ele acabou falecendo aos 63 anos.

Numa homenagem ao artista, o SBT saiu do ar no dia de sua morte. A emissora suspendeu a programação e exibiu um slide com uma nota de pesar.

“Estamos tristes com a morte do nosso colega Flávio Cavalcanti, que será sepultado hoje, em Petrópolis, às 16 horas, quando então voltaremos com a programação normal”, dizia o aviso.

Compartilhar.
Avatar photo

André Santana é jornalista, escritor e produtor cultural. Cresceu acompanhado da “babá eletrônica” e transformou a paixão pela TV em profissão a partir de 2005, quando criou o blog Tele-Visão. Desde então, vem escrevendo sobre televisão em diversas publicações especializadas. É autor do livro “Tele-Visão: A Televisão Brasileira em 10 Anos”, publicado pela E. B. Ações Culturais e Clube de Autores. Leia todos os textos do autor