Golpe fez Elas por Elas virar remake de outra novela da Globo

Trama das seis repete elementos de outro clássico da emissora

Whatsapp

A reviravolta que aconteceu na vida de Lara (Deborah Secco) em Elas por Elas fez a trama incorporar outra história de Cassiano Gabus Mendes, autor original da atual novela das seis da Globo.

Deborah Secco como Lara em Elas por Elas
Deborah Secco como Lara em Elas por Elas (divulgação/Globo)

O remake assinado por Alessandro Marson e Thereza Falcão conta com muitas mudanças em relação à primeira versão da obra, exibida em 1982. Uma delas é um novo rumo dos personagens, ocorrido desde o capítulo 100.

Praticamente toda a história original de Elas por Elas foi encerrada no centésimo capítulo e, a partir dali, os autores passaram a explorar as consequências das revelações que aconteceram.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mudança no rumo de Lara

Lara (Deborah Secco) e Roberto (Cassio Gabus Mendes), de Elas por Elas
Lara (Deborah Secco) e Roberto (Cassio Gabus Mendes), de Elas por Elas (reprodução/Globo)

Uma das viradas aconteceu na vida de Lara (Deborah Secco), que passou a ter uma trajetória bem diferente de Márcia (Eva Wilma), personagem que ela representa no remake.

Leia mais

A primeira diferença foi após a descoberta de que Taís (Késia) era a misteriosa amante de Átila (Sérgio Guizé). Ao contrário da trama de 1982, em que aceitou tudo numa boa, desta vez ela se sentiu traída e rompeu a amizade.

Essa, no entanto, foi somente uma das alterações no destino de Lara, que ainda vai passar outros perrengues.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lara fica pobre após golpe

 

Nos recentes capítulos de Elas por Elas, Lara teve uma grande virada e ficou na miséria depois de sofrer um golpe orquestrado por Roberto (Cassio Gabus Mendes).

O ambicioso, que nunca se deu bem com a ricaça, conseguiu tirar tudo dela e a deixará “limpa”. A advogada perdeu a casa, o escritório e até mesmo suas joias. Na rua da amargura, ela passará por momentos difíceis.

Lara terá que enfrentar uma nova realidade daí em diante: foi morar numa casa simples e ficou sem empregados, inclusive Nice (Ludmila Rosa). Por conta disso, terá que lidar com o dia a dia de uma dona de casa.

A advogada terá que aprender a fazer as próprias compras para casa, além de administrar suas finanças. Em meio a tudo isso, ela tentará se reerguer e passará a trabalhar em home office.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Destino de protagonista revive outra novela

Brega e Chique
Gloria Menezes e Marília Pêra em Brega & Chique

Ao longo de Elas por Elas, os autores Alessandro Marson e Thereza Falcão têm feito diversas citações a outras obras de Cassiano Gabus Mendes. E o novo rumo de Lara a fará ter trajetória bem semelhante a outra protagonista do universo do novelista.

Com a reviravolta, a trajetória de Lara lembra muito Rafaela Alvaray, personagem de Marília Pêra em Brega e Chique (1987). Na trama, ela é uma mulher rica que perde tudo quando é decretada a falência do falecido marido, Herbert (Jorge Dória).

Após ter todos os bens confiscados, Rafaela revela uma forte personalidade. A ricaça, que no início se mostra afetada, quase fútil, faz de tudo para manter a união da família e se recuperar do baque que sofreu.

Whatsapp


Leia também